FOTO CAPA

UMA POSTURA DIFERENTE

Publicado às 23:42 desta segunda-feira, 01 de agosto de 2022

(*) Por Pedro La Rocca

Em partida com quatro gols, o Peixe empata em 2x2 com o Fluminense, na Vila Belmiro. Nos 90 minutos desta segunda-feira (01), Luiz Felipe e Marcos Leonardo marcaram os gols do Peixe, enquanto Ganso e Arias marcaram para os cariocas.

Este jogo marcou a estreia do técnico Lisca na Vila Belmiro, que já ousou com duas mudanças na equipe titular. Fernández e Baptistão deram vaga ao Camacho e Lucas Barbosa.

O Peixe teve exatos sete dias sem partida, exclusivos para treino. O tempo livre surtiu efeito para o novo técnico, que enviou uma equipe com postura agressiva, oferecendo muita dificuldade à equipe que é terceira colocada no campeonato.

Com um bom início de partida, o Alvinegro abriu o placar. Após cruzamento e desvio na área, Luiz Felipe ganha do zagueiro e faz o primeiro tento do Peixe. O gol coroou a postura que o Santos entrou, diferentemente das últimas partidas, onde era coadjuvante.

O primeiro tempo Santista foi positivo pelo gol e pela postura defensiva adotada, onde anulou os 69% de posse de bola adversária, que pouco levou perigo ao gol do João Paulo.

O Peixe segurou o resultado até os 26 minutos, quando o Ganso marcou de pênalti, após infração cometida pelo Sandry.

Não demorou muito para o Santos sofrer a virada, que saiu um minuto depois, aos 27. Após lançamento vindo da defesa, a bola bate nas costas de Cano e sobra para Arias que chuta no canto do gol do João Paulo.

Mostrando competitividade, o Santos conseguiu chegar ao empate aos 40 minutos. Após passe de três dedos do Fernández e cruzamento rasteiro de Ângelo, Marcos Leonardo marca seu oitavo gol no Brasileirão.

O empate desta segunda-feira (01), mostrou que o time evoluiu após semana de treinamento. Mais agressivo, dando menos espaços ao adversário, porém levou gols em momentos de desatenção, o que esta partida não aceitava.

Mesmo tendo metade da posse de bola (33%x67%), o Peixe soube anular o bom futebol do adversário. Além da desatenção, uma ligação com mais qualidade ao ataque dariam a vitória ao Peixe.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 2 FLUMINENSE

Competição: Campeonato Brasileiro, 20ª rodada

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)

Cartões amarelos: Camacho, Madson (Santos); Caio Paulista, André (Fluminense)

GOLS: Luiz Felipe, aos 15 do 1ºT, Marcos Leonardo, aos 40 do 2ºT (Santos); Ganso, aos 25 do 2ºT, e Arias, aos 26 do 2ºT

SANTOS: João Paulo; Madson, Maicon, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Camacho (Rodrigo Fernández), Vinicius Zanocelo (Ângelo) e Carlos Sánchez (Sandry); Lucas Barbosa (Léo Baptistão), Lucas Braga e Marcos Leonardo.
Técnico: Lisca

FLUMINENSE: Fábio, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro (Martinelli) e Caio Paulista; André, Nonato (Willian) e Paulo Henrique Ganso (David Duarte); Matheus Martins (Wellington), Jhon Arias e Germán Cano
Técnico: Eduardo Maciel de Barros (auxiliar)

Lisca fez sua estreia na Vila Belmiro

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

João Paulo - Sem culpa nos gols, foi bem quando exigido. - 6,5

Madson - Não comprometeu, porém também não saiu com atuação positiva. - 5,5

Maicon - Ainda sem ritmo, sofreu em alguns momentos. - 5,5

Luiz Felipe - Autor do primeiro gol, fez partida segura após vir de lesão. - 7,0

Felipe Jonathan - Segue fazendo boas partidas tecnicamente. - 6,5

Camacho - Surpresa na escalação, marcou com qualidade e foi bem na saída de bola. - 6,0

Zanocelo - Muita dificuldade para ser segundo volante, pois não marca. - 5,5

Sánchez - Partida apagada do uruguaio. - 5,5

Lucas Barbosa - Se doou muito na marcação, onde se destacou na partida. - 7,5

Marcos Leonardo - Mais um gol do Menino da Vila, que é decisivo quando é alimentado com bons passes. - 7,0

Lucas Braga - Precisa ganhar confiança para finalizar e ser mais decisivo. - 6,0

Sandry - Apesar da qualidade técnica, comete erros cruciais, como o pênalti que originou no gol de empate. - 4,5

Baptistão - Jogou 24 minutos regulares. - 5,5

Ângelo - Ajudou na transição ofensiva e deu a assistência para o gol de empate. - 6,5

Fernández - Entrou muito bem. Diante das suas características, faz um trabalho bom. Lindo passe de três dedos que iniciou a jogada do gol de empate. - 6,5

(*) Pedro La Rocca - Estudante de jornalismo e comentarista na Web Rádio Piabanha


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by