FOTO CAPA

SOB NOVA DIREÇÃO, SERÁ?

Publicado às 22:16 deste sábado, 16 de julho de 2022

(*) Por Pedro La Rocca

Uma atuação apagada selou a derrota do Peixe diante do Avaí, neste sábado (16). O único gol da partida, foi marcado por Bissoli, de pênalti. Uma derrota por 1x0 fora de casa, que faz o Santos ocupar a nona colocação do Brasileiro. 

O interino Marcelo Fernandes, fez sua terceira partida consecutiva como treinador, após a demissão de Bustos. Ele amarga a sua primeira derrota no período. 

Em relação à equipe que foi a campo na última quarta-feira (13), o interino não contou com Maicon e Fernández machucados, além de levar o Ângelo ao banco de reservas.

O Alvinegro inicia o jogo de forma agressiva, sempre tentando ter a posse da bola. Pelo começo, era perceptível que faltava o último passe, para que o plcar fosse aberto pelo Peixe.

Isso não aconteceu. Pelo contrário, os mandantes abriram o placar, aos 10 minutos. Em bola perdida no campo de ataque Santista, um contra-ataque é cedido, resultando num pênalti, após cruzamento de William Potker e corte de Zanocelo com o braço. Bissoli bate sem dar chance ao João Paulo.

Os 40 minutos que restavam na primeira etapa, foram de posse de bola Santista que, contudo, não resultava em finalização. A bola sempre era devolvida na construção do ataque.

O Peixe tinha as ações da partida, porém verticalmente, era inexistente. Faltou aproximação, velocidade para trocar passe, dar dor de cabeça à defesa adversária. Ao final do primeiro tempo, o Peixe ainda não tinha sequer finalizado.

Já no segundo tempo, o time começou entregando a bola ao adversário e pior, dava muito espaço para que atacassem. O poder de ataque era inexistente, no segundo toque na bola, em tentativa de contra-ataque, a chance rapidamente era perdida.

Com as entradas de Bruno Oliveira e Ângelo, o time subiu levemente de produção, porém a bola dificilmente chegava limpa ao ataque. O ex-goleiro Santista Vladimir, estava assistindo à partida. 

A única oportunidade clara de gol do Santos, foi aos 44 minutos do segundo tempo, em finalização de Marcos Leonardo, que parou em defesa de Vladimir. Foi apenas a quinta finalização do Peixe na partida.

Partida completamente abaixo do Santos. O time não demonstra evolução, marca com muita distância, não encontra oportunidade. O problema não é um só, dentro de campo, precisa de muito mais. O time precisa evoluir, se não quiser chegar ao final do ano com negativas surpresas.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 0 SANTOS

Competição: Campeonato Brasileiro, 17ª rodada

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Cartões amarelos: Bruno Silva, Cortez, Eduardo, Raniele (Avaí); Marcos Leonardo, Baptistão, Bauermann (Santos)

GOL: Bissoli, aos 9 do 1ºT (Avaí)

AVAÍ: Vladimir; Kevin, Bressan, Rafael Vaz e Bruno Cortez; Raniele, Bruno Silva (Jean Cléber), Eduardo (Jean Pyerre) e Renato; William Pottker e Bissoli.
Técnico: Eduardo Barroca

SANTOS: João Paulo; Madson (Rwan), Luiz Felipe, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Zanocelo (Lucas Barbosa), Camacho e Sánchez (Bruno Oliveira), Léo Baptistão (Ângelo), Lucas Braga; Marcos Leonardo.
Técnico: Marcelo Fernandes 

Goleiro ainda mantém as boas atuações

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

João Paulo - Um dos poucos que jogam bem - 6,5

Madson - Limitado tecnicamente. Se prendeu à linha defensiva. - 5,0

Luiz Felipe - Pouco trabalhou defensivamente. - 5,5

Bauermann - Desatento em alguns momentos. - 5,0

Felipe Jonathan - Limitou-se à defesa. - 5,5

Camacho - Bom passe, porém não tem a velocidade para ser primeiro volante. - 5,0

Zanocelo - Pênalti infantil. Não marcou e, no ataque, foi inexistente. - 3,5

Sánchez - Ainda que limitado fisicamente, compensa com qualidade técnica. - 6,0

Baptistão - Pouco presente na partida. - 5,5

Lucas Braga - Caiu de produção durante a partida. - 5,0

Marcos Leonardo - Quando recebe a bola, vem sempre mascada. - 6,0

Bruno Oliveira - Não foi determinante ao entrar. - 5,5

Ângelo - Ainda conseguiu acertar alguns dribles, mas sem objetividade. - 5,5

Rwan - SEM NOTA

Barbosa - SEM NOTA

(*) Pedro La Rocca - Estudante de jornalismo e comentarista na Web Rádio Piabanha



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by