FOTO CAPA

PONTO IMPORTANTÍSSIMO NO SUL

Publicado às 11h40 desta segunda-feira, 29 de novembro de 2021.

O Santos fez seu antepenúltimo jogo no Brasileiro de 2021 e buscou um ponto muito importante em Porto Alegre ao empatar com o Internacional, na tarde deste domingo (28) em 1 a 1, no Gigante da Beira-Rio. O alvinegro agora soma 46 pontos e tem tudo para garantir uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem.

Os desfalques seguiram sendo constante para o jogo deste fim de semana. O comandante Fábio Carille perdeu logo de uma vez os atacantes Diego Tardelli e Marinho que não foram relacionados e deram vaga aos jovens Marcos Leonardo e Ângelo.

Nos primeiros 45 minutos, o domínio foi todo do Internacional. Com o retorno de Yuri Alberto, recuperado de um edema ósseo, o time gaúcho teve mais força ofensiva e não demorou para pressionar o Peixe. Sem conseguir escapar da marcação do rival, o time da Vila viu novamente João Paulo salvar o time com defesas importantes na primeira etapa.

O Inter baixou as linhas e vinha em transições rápidas para surpreender o Santos, apostando na velocidade de seus atacantes. O gol do time da casa saiu apenas aos 45 minutos. Taison arriscou o chute, João Paulo defendeu e, no rebote, Patrick cruzou para Yuri Alberto. Luiz Felipe tentou afastar o perigo, mas acabou marcando contra.

As instruções e as broncas no intervalo fizeram com que o Santos voltasse em outro ritmo para o segundo tempo. Felipe Jonatan com dores no púbis deu lugar a Camacho que entrou bem na partida.

Logo no minuto inicial da etapa complementar, após cobrança de escanteio, Marcos Leonardo aproveitou que Boza ganhou no alto da defesa do Inter para deixar tudo igual. Foi o sexto gol do jovem atleta de 18 anos na temporada. O próprio atacante chegou a marcar mais um, na sequência, mas o árbitro assinalou impedimento e anulou o lance.

Na sequência da partida Maurício, meio-campista do Internacional, chegou a mandar uma bola na trave de João Paulo.

Com o passar do tempo, o Santos começou a usar a impaciência da torcida a seu favor para pressionar o Inter, que mostrou muito nervosismo na reta final do duelo. No entanto, a equipe de Diego Aguirre conseguiu segurar os avanços do time paulista e o empate acabou sendo o resultado final.

Na próxima rodada, daqui a oito dias apenas, o Santos enfrenta o Flamengo na segunda-feira (06/12), às 20h, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) pela penúltima rodada do Brasileirão deste ano.


FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 x 1 SANTOS

Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)

GOLS: Luiz Felipe (contra), aos 45min do 1ºT. Marcos Leonardo, a 1min do 2ºT

Cartões amarelos: Johnny (INT); Sandry (SFC)

INTERNACIONALMarcelo Lomba; Saravia (Mercado), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Johnny (Zé Gabriel), Palacios (Heitor), Edenílson, Taison e Patrick (Maurício); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre

SANTOSJoão Paulo; Kaiky, Luiz Felipe e Boza; Madson, Zanocelo (Sandry), Felipe Jonatan (Camacho), Lucas Braga e Pirani (Sánchez); Ângelo (Lacava) e Marcos Leonardo (Raniel). Técnico: Fábio Carille

SANTOSJoão Paulo; Kaiky, Luiz Felipe e Boza; Madson, Zanocelo (Sandry), Felipe Jonatan (Camacho), Lucas Braga e Pirani (Sánchez); Ângelo (Lacava) e Marcos Leonardo (Raniel). Técnico: Fábio Carille

Felipe Jonatan deixou o gramado no intervalo com dores no púbis.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

João Paulo: Duas grandes defesas no primeiro tempo dignas do melhor goleiro do Brasileirão 2021. - 7,0
Kaiky: No primeiro tempo não foi tão exigido pois o Inter explorou o o lado esquerdo da defesa do Santos. Na segunda etapa, o jovem promissor desfilou seu talento na sáida de bola. - 6,5
Luiz Felipe: Era o melhor defensor do time na primeira etapa. Fazia uma partida muito boa e segura, mas foi infeliz na hora do corte que proporcionou o gol contra. - 5,5
Boza: Não comprometeu e ainda ganhou no lance do gol de Marcos Leonardo. - 6,5
Madson: Não se destacou no apoio como outras vezes e teve uma chance incrível de fazer o gol da virada, mas parou nas mãos de Marcelo Lomba. - 5,5
Zanocelo: Na marcação limitou-se a fazer sombra nos adversários. Na armação foi mais burocrático com toques laterais. Foi substituído aos 20 minutos da segunda etapa. - 5,5
(Sandry): Deu uma marcação mais forte e vida nova nos lançamentos com a bola longa ao meio-campo. Assim que recuperar o ritmo é ele e mais 10. - 6,5
Felipe Jonatan: Fazia um primeiro tempo mais preocupado com a marcação. Em razão das dores no púbis foi substituído no intervalo. - 6,0
(Camacho): Entrou muito bem e melhorou a qualidade no passe no meio-campo acéfalo do time. - 6,5
Lucas Braga: Dedicação e comprometimento ao extremo. Sobrecarregado em ter que marcar os atacantes pela esquerda do Inter e ainda aparecer no ataque. - 6,0
Pirani: Não conseguiu 'arrastar' e levar a bola da segunda para a terceira linha. Melhorou com a entrada de Camacho. Deu o cruzamento no escanteio que proporcionou o gol. - 6,5
(Sánchez): Precisa de uma pré-temporada bem feita, pois sua liderança será importante no desenvolvimento dos mais jovens. - 5,5
Ângelo: Ainda peca nas tomadas de decisões, mas foi gostoso ver ele, Sandry, Pirani, Marcos Leonardo todos juntos. Os meninos da Vila vão amadurecer. - 6,5
(Lacava): Pegou pouco na bola. - SEM NOTA
Marcos Leonardo: Maravilhoso segundo tempo. Confiante. Finalizou e estava bem colocado no gol. Fez pivô, deu assistência para Madson que desperdiçou. Vive brilhante momento. - 8,0
(Raniel): Entrou em campo nos últimos minutos. - SEM NOTA
Técnico: Fábio Carille: Arrumou o time no intervalo. Colocou a molecada que teve chances até de ganhar o jogo. - 6,5

REUNIÃO NO CD

Acontece nesta segunda-feira (29) importante reunião no Conselho Deliberativo do Santos.

Pelo que pudemos apurar, a proposta de acabar com o desconto de 50% nas mensalidades das mulheres será retirada da pauta. A confirmação nos veio através do presidente do clube Andres Rueda, na tarde deste domingo (28).

Outro importante ponto será a apreciação, discussão e votação da Proposta Orçamentária para o exercício de 2022. 

O Blog teve acesso ao orçamento e nele consta uma previsão orçamentária de R$ 76 milhões, ou seja, muito provavelmente resultante de vendas de atletas.

Também será apresentada o relatório contábil do terceiro trimestre, além de votação da revisão e suplementação orçamentária com parecer do Conselho Fiscal.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by