FOTO CAPA

TROCA DO CHIP

Publicado às 12h15 desta sexta-feira, 25 de dezembro de 2020.

Neste domingo (27), o Santos volta a campo pelo Campeonato Brasileiro pela 27a. rodada. Faltam 12 rodadas para o fim da competição. Se o alvinegro vai muito bem na Libertadores, onde segue invicto fora de casa e um dos quatro semifinalistas; na competição nacional, o time só conquistou um ponto, nos últimos nove disputados. Foi um empate em casa diante do Palmeiras e derrotas para os cariocas Flamengo e Vasco, fora. Neste fim de semana, o alvinegro enfrenta o Ceará, na Vila Belmiro. A partida está marcada para as 18h15.

Para o confronto diante do time nordestino, o técnico Cuca poderá contar com alguns jogadores que não atuaram o tempo todo no Rio de Janeiro, diante do Vasco, em São Januário. O zagueiro Luan Peres, que pode se despedir do alvinegro, já que seu contrato vai até o fim do ano  apenas e o Peixe ainda não conseguiu sua extensão, esteve suspenso e  não pode estar  em ação,  na última rodada. Os atacantes Marinho e Soteldo, que ficaram no banco na cidade maravilhosa, também devem reaparecer como titulares.

Lucas Veríssimo que pediu para não jogar na rodada passada, em razão da negociação com os portugueses do Benfica,  segue como dúvida. Em compensação, o ala Pará e o meio-campista Jobson, devem seguir como desfalques. O primeiro se recupera de um edema e o segundo, tem uma tendinite no tornozelo.

Nestas festas de fim de ano, o elenco terá apenas duas folgas. Nesta sexta-feira (25) dia de Natal e no primeiro dia do ano (1). Tanto na véspera de natal e ano novo, além dos sábados (26 e 2), o elenco treina pela manhã. Após o enfrentamento diante do Ceará, o alvinegro pensa no confronto mais importante do clube nos últimos nove anos. O primeiro jogo da semifinal diante do Boca Jrs, em La Bombonera na periferia de Buenos Aires, na Argentina. Serão 10 dias de intervalo.

Entretanto, com o percentual ruim nos últimos jogos no certame nacional, uma vitória diante do Ceará é mais do que necessária. A última vitória do Peixe no Brasileirão, foi dia 5, diante do Sport.

O Santos segue na oitava colocação e quer retornar ao G-6, zona da Libertadores. Entretanto, o rival Corinthians que vem de vitória sobre São Paulo e Goiás, encostou no Glorioso da Vila e está apenas a dois pontos - 36 a 38.

Também, não custa lembrar que em 2015, o Peixe ficou com a possibilidade de disputar a Libertadores do ano seguinte por duas frentes. Copa do Brasil e Brasileiro. Na primeira, perdeu a chance ao ser derrotado nos pênaltis para o Palmeiras e ficar apenas com o vice-campeonato. Na segunda, depois de uma recuperação fantástica, saindo da zona de rebaixamento, o time dirigido por Dorival Junior empatou com o Flamengo na Vila, nova igualdade diante do rebaixado Joinville em Santa Catarina e derrotas para os mal colocados Vasco, no Rio de Janeiro e Coritiba, no Sul do país e despencou nas últimas rodadas, desperdiçando a chance de voltar a competição continental.

O G-6 do Brasileiro pode tornar-se G-7, se um dos vencedores da Copa do Brasil não for o América Mineiro que disputa a série B do Brasileiro. Isto porque, os outros três semifinalistas estão entre os seis primeiro lugares na competição nacional de pontos corridos - Palmeiras, Grêmio e São Paulo.

O provável Santos neste fim de semana é de John, Madson, Luiz Felipe (Veríssimo), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Pituca e Sandry; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by