FOTO CAPA

SUB-20 DO SANTOS DECIDE VAGA AS QUARTAS DE FINAL DO PAULISTA

Publicado às 06h40 desta sexta-feira, 4 de dezembro de 2020.

Começa nesta sexta-feira (4), as oitavas de finais do Campeonato Paulista sub-20. Os oito classificados as quartas de finais serão conhecidos em confronto único, com mando das oito melhores equipes classificadas. O Santos com metade do time com meninos de 15 e 16 anos (nascidos em 2004 e 2005) enfrenta o XV de Piracicaba, no estádio do Barão da Serra Negra, às 15h com transmissão da Mycujoo. Se a partida terminar empatada, teremos decisão através das penalidades máxima.

Ao todo, seis das oito partidas acontecem na sexta-feira (4), às 15h. Além de XV de Piracicaba x Santos; teremos Corinthians x Oeste; São Bernardo FC x Flamengo; Comercial x São Paulo; Guarani x Taubaté; além de Portuguesa Santista x Palmeiras.

Os últimos dois classificados serão conhecidos no sábado (5). Ferroviária e Portuguesa duelam às 10h, enquanto Audax e Linense se encontram às 15h, em Osasco.

O alvinegro da Vila não chega a uma final e consequentemente se classifica a Copa do Brasil da modalidade (só participam da Copa do Brasil nas categorias de base os campeões e vice de cada Estado) há seis anos e não consegue o título, há oito. O último foi em 2012, diante do São Paulo.

Os clubes grandes do Estado, a princípio não participariam do sub-20 deste ano, pois com a pandemia do covid-19, os calendários ficaram apertados. Porém, a pedido do presidente da Federação - Reinaldo Carneiro Bastos, os clubes recuaram e enviaram times para a disputa da modalidade em São Paulo. O Peixe criou um 'projeto' em um dia e com jogadores mais jovens.

Thiago Limna, técnico do sub-20 no Paulista
No dia 19 de outubro, o Peixe reuniu 10 jogadores que não estavam sendo aproveitados no time que disputava o Brasileiro da modalidade. Eram 12, mas dois estavam com covid. O técnico Thiago , até então auxiliar do sub-20, ficou responsável em ser o comandante técnico com Bruno de auxiliar e Rodrigo de supervisor. 

"Quando tivemos a confirmação da nossa participação, montamos um grupo na mesma semana da estreia. O cenário do clube já era de antecipar processos, temos muitos atletas com idade de sub 20 e alguns com idade de sub 17 no profissional, o mesmo acontecia no sub 23, sub 20 e sub 17, sempre com jogadores de uma categoria abaixo.  Com isso tivemos atletas de sub 17 e sub 15 fazendo parte do nosso elenco. Foi um grande desafio tornar esse time competitivo e mentalmente preparado. Dentro das dificuldades, podemos destacar principalmente os níveis de força, que são extremamente desiguais, e também quanto ao conhecimento tático, já que um menino de sub 15 tem menos tempo de processo do que um jogador do sub 20. E isso influencia em diversos aspectos, como por exemplo quando temos que planejar e organizar a parte tática e estratégica levando em consideração os pontos que nos favoreçam." avaliou o técnico Thiago Lima.

Para completar os inscritos, alguns atletas sub-15 que não tiveram competições este ano,, outros do 17 que haviam sido eliminados do torneio nacional da categoria se juntaram no time 'alternativo' sub-20 com alguns atletas do principal sub-20 que disputa o Brasileiro da categoria sob o comando de Aarão e até outros poucos que já estavam no sub-23 com Edinho, filho do Rei Pelé. Em razão da logística das partidas, muitos desses atletas atuavam apenas meio tempo no Paulista sub-20, para um ou dois dias depois continuarem a disposição do elenco A das suas respectivas categorias.

Foi assim, que os recém chegados Edson Pimenta, gerente e Fabio Barrozo, atual coordenador, com passado vitorioso na base, com três títulos em cinco Copas São Paulo disputadas nesta década, formaram e acreditaram no projeto do time B para o Campeonato Paulista. 

O Peixe segue invicto na competição, porém, foram seis empates até o momento. Na primeira fase, o alvinegro enfrentou Portuguesa de Desportos, Portuguesa Santista e Água Santa.

"Ao mesmo tempo que temos diversas dificuldades, tem sido muito prazeroso ver a evolução dos jogadores e as nossas performances nos jogos. Não conseguimos ter os resultados a altura do Santos FC, mas fomos competitivos em todos os jogos e em alguns merecíamos a vitória. Isso devido ao ótimo trabalho realizado pela diretoria e comissão técnica.", relembrou Thiago sobre os jogos da primeira fase.

No clube, pouca gente acreditava na classificação da equipe, que viveu com improvisações em algumas posições e até alguns jogadores que treinavam com o time A e desciam apenas para os jogos do estadual. 

Mesmo ao enfrentar um adversário que venceu todos os jogos da primeira fase, na tarde desta sexta-feira (4), o XV, o comandante do único time na base alvinegra que classificou-se para a fase seguinte em 2020, acredita que o time possa avançar ainda mais:

"Em toda competição que o Santos FC entra, temos que pensar em conquista, nós sabemos das nossas limitações e dificuldades, mas desde o primeiro momento com esse grupo foram traçados objetivos e metas. Conseguimos ter êxito em muitas, mas estamos focados nas duas principais: classificar para a Copa do Brasil e ser campeão paulista. Nosso clube é muito grande para ficar de fora por tanto tempo. Mas para isso temos que pensar jogo a jogo, e cada um tem o caráter de uma final. Vamos manter a ideia de sermos competitivos e ter um desempenho cada vez melhor." finalizou Thiago Lima.

Se conseguir passar pelo XV, o Santos fica a dois jogos para ser finalista e voltar a Copa do Brasil e mais um, além dos dois, na grande decisão. Os emparceiramentos da próxima fase são realizados de acordo com asa campanhas no geral. O melhor classificado contra o pior e assim, sucessivamente.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by