FOTO CAPA

O JOGO MAIS IMPORTANTE DO ANO

Publicado às 21h25 desta segunda-feira, 23 de novembro de 2020.

Com cinco desfalques, o Santos está no Equador e nesta terça-feira (24), às 19h15 (horário de Brasília) com transmissão da ENERGIA 97 FM, enfrenta a LDU, em Quito, em jogo de ida das oitavas de finais da Libertadores da América. O alvinegro não contará com o técnico Cuca que se recupera após sair do hospital, vítima do Coronavírus, além de Luan Peres em quarentena do covid-19, Jobson suspenso e o goleiro João Paulo, o ala Madson e o meio-campista Sandry que ainda tem sequelas do fim da doença e nos exames realizados na última sexta-feira (20) ainda constaram como positivo e não viajaram com a delegação.

Quem está de volta é o atacante Soteldo. O jogador desfalcou o Peixe nos últimos jogos pelo Brasileiro, pois estava a disposição da Seleção Venezuelana em jogos das eliminatórias. 

Quanto ao trio que esteve a disposição do auxiliar Marcelo Fernandes, no último fim de semana na derrota no Paraná para o Athlético: Sandry, Madson e o goleiro João Paulo, não apresentam mais nenhum quadro clínico ou sintomas, o que indica que eles têm cicatrizes do vírus, porém, não são transmissores, todavia, eles puderam atuar no Brasileiro normalmente, mas não puderam sequer viajar para Quito. A proibição é por conta de uma conduta de soberania nacional do Equador e seu Ministério da Saúde. O país veta a entrada de qualquer pessoa nessas condições, mesmo após quarentena e testes negativos anteriores.

Sem João Paulo e Madson, Jhon e Pará serão titulares. Sem Jobson e Sandry, Alison é o favorito em herdar a vaga. Balieiro que agradou nos dois últimos jogos é outra opção. Sendo assim, o único setor com todos os titulares será o ataque com Soteldo, Marinho e Kaio Jorge. 

Além do adversário que classificou-se em segundo lugar, num grupo que o River Plate (ARG) foi o líder e o São Paulo ficou em terceiro e eliminado, tem a altitude de 2.850 m acima do nível do mar da capital equatoriana, que faz com que a bola ganhe velocidade. O Santos segue invicto na competição continental. Venceu cinco partidas e empatou uma em casa, diante do Olímpia (PAR).

Para o Santos, a classificação a próxima fase é fundamental. Sem receitas previstas até o fim do ano e com quatro imagens atrasadas, além de ter pago apenas 40% dos valores da carteira em outubro, o prêmio de U$ 1,5 milhão (R$ 8,25 milhões) se avançar de fase é importantíssimo para o clube.  

Dono da segunda melhor campanha geral da fase de grupos, o Glorioso da Vila define a eliminatória em casa. A partida de volta está marcada para o dia 1 de dezembro na Vila Belmiro, no mesmo horário.

Se confirmar a classificação, o time praiano enfrenta o vencedor do duelo entre Grêmio e Guaraní (PAR).

O provável Santos vai a campo com  John, Pará, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Alison (Balieiro), Pituca e Jean Mota; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by