FOTO CAPA

A BASE SEMPRE SALVA E ARÁBES TINHAM PRESSA E DESISTEM DE SOTELDO

Publicado às 23h35 desta terça-feira, 20 de outubro de 2020.

Na noite desta terça-feira (20), o Peixe venceu de virada o Defensa y Justicia (ARG) por 2 a 1, na Vila Belmiro e com isso, o Santos tem tudo para terminar a fase de grupos como a melhor campanha da Libertadores da América. Se o Palmeiras não vencer nesta quarta-feira (20), o alvinegro será o melhor entre todos os participantes da primeira fase desta edição com 16 pontos. Os gols da vitória  foram de Lucas Braga e Marcos Leonardo.

Sem Madson com amigdalite e conforme o Blog do ADEMIR QUIINTINO informou pela manha que Marinho com edema muscular e Lucas Veríssimo não jogariam, além de Sánchez, Raniel, Alison, Vladimir, Renyer e Laércio, escolheu Luiz Felipe na zaga e Arthur Gomes no ataque. 

Cuca que chegou a dizer que Soteldo tinha se despedido no último sábado (17), começou como titular. A negociação com o Al-Hilal teve fim na tarde desta terça-feira (20). Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou, os árabes queriam uma definição até o dia de hoje e não iriam esperar a reunião do Conselho, nesta quarta-feira (21), como manda o estatuto nos três meses que antecedem a eleição, pois a janela do país termina dia 25.  

O Al Hilal estava receoso de insistir no venezuelano que atua no Peixe e se o CD recusasse a transação e os sauditas teriam menos de três dias para iniciar conversa com outro jogador, por isso, a desistência. 

Logo em seguida que o empresário Charles Camporro, agente que trouxe a proposta anunciou que tinha desistido do negócio, a empresa que administra a carreira de Soteldo, a Secasports colocou em uma rede social, a seguinte frase: 'Hoje não será seu último dia. Nós ficamos. Respeito', escreveu. 

Além de um salário seis vezes maior do que recebe atualmente no alvinegro, Soteldo pediu 12 passagens áreas para ele (e quatro para o seu empresário) por ano e o clube aceitou e na segunda-feira (19) chegou a conversar com o seu pai e esposa que estava propenso a concordar com  a oferta, desde que o Santos lhe pagasse o que lhe deve, aproximadamente 220 mil dólares (R$ 1,2 milhão), o que também não ocorreu.

Portanto, nesta quarta-feira (21), o Conselho votará apenas a proposta do Huachipato (CHI) que voltaria a ter Soteldo de forma integral, o cedendo por empréstimo ao Santos até dezembro. Entretanto, o ex-clube do jogador aceita ceder o jogador por mais tempo ao Peixe que teria como taxa de vitrine apenas 10% de uma participação em uma futura venda. Com isso, o Santos se livraria da dívida de U$ 3,4 milhões (R$ 19 milhões) pelo não pagamento dos 50% da compra do jogador no começo do ano passado, além dos chilenos assumirem o débito que o Glorioso da Vila tem com o jogador. Se vendessem aos árabes, o lucro seria maior.

Ainda sobre o jogo, o Peixe desperdiçou inúmeras oportunidades de abrir o placar no primeiro tempo. Como o futebol não tolera desaforo, os argentinos abriram o marcador no início da etapa complementar. 

Após abrir o marcador os time do ex-atacante Hernan Crespo, recuou para tentar explorar o contra-ataque e as alterações de Cuca surtiram efeito. Sandry fez belo lançamento a Pará que cruzou e Lucas Braga que também entrou na segunda etapa cabecear. A bola foi para o lado esquerdo do campo. Wagner Leonardo cruzou e o mesmo Lucas desviou para o fundo das redes. Em seguida, o jogador foi aos prantos. O jovem vinha sendo bastante criticado nos últimos jogos.

Quando o jogo caminhava para o empate, Pituca salvou gol certo dos argentinos. Em seguida, o Peixe puxou um contra-ataque e o Marcos Leonardo, colocou números finais na partida e deu a quinta vitória ao Peixe na competição continental em 2020.

Pela Libertadores, o Santos aguarda o seu adversário (um segundo lugar de outro grupo), no sorteio da próxima sexta-feira (23) em Luque, na Grande Assunção no Paraguai. Já pelo Brasileiro, o Peixe joga domingo (25), diante do Fluminense. Marinho ausente nos três últimos jogos pode ser a grande novidade.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 1 DEFENSA Y JUSTICIA (ARG)

Estádio da Vila Belmiro - Santos (SP)

Árbitro: Leodan González (URU)

Gols: 0-1 Braian Romer (6'/2T); 1-1 Lucas Braga (32'/2T); 2-1 Marcos Leonardo (47'/2T)

Cartões amarelos: Jobson, Diego Pituca, Lucas Braga e Wagner Leonardo (SFC); Braian Romero e David Martínez (DEF)

SANTOS: João Paulo; Pará (Marcos Leonardo, 37'/2T), Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner Palha, 28'/2T); Jobson (Sandry, 11'/2T), Pituca e Jean Mota (Lucas Lourenço, intervalo); Arthur Gomes (Lucas Braga, 11'/2T), Kaio Jorge e Soteldo. Técnico: Cuca. 

DEFENSA Y JUSTICIA (ARG): Unsain; Fráas, Paredez (Leguizamón, 41'/2T) e Martínez; Rius, Romero, Benítez e Fernández (Acevedo, 35'/2T); Isnaldo, Pizzini (Camacho, 23'/2T) e Hachen (Merentiel, 34'/2T). Técnico: Hernán Crespo. 

Sandry que Cuca queria emprestar deu nova dinâmica ao Santos.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

João Paulo: Sem culpa no gol sofrido. Pouco exigido. - 6,0

Pará: Participação importante no gol de empate. - 6,5

(Marcos Leonardo): Estava no lugar certo, na hora certa para marcar o gol que liquidou o jogo. - 6,5

Luiz Felipe: Ainda sente falta de ritmo pelo longo tempo se recuperando de contusão. Belo lançamento para Lucas Braga dar a assistência para o gol da vitória. - 6,0

Luan Peres: Bem nos desarmes. Não comprometeu. - 6,0

Felipe Jonatan: Bons apoios no primeiro tempo com dois bons passes que quase se tornaram assistências. Deixou o gramado extenuado. Precisa de um descanso, nesta maratona incessante de jogos. - 6,0

(Wagner Palha): Bela assistência no gol de empate. Sempre entra bem. - 6,5

Jobson: Prefiro mais de segundo volante. Me surpreendeu seu posicionamento. Recebeu o terceiro amarelo e desfalcará o Peixe no jogo de ida das oitavas. - 5,5

(Sandry): Piada o que joga esse rapaz. Peço uma sequência para esta atleta há muito tempo. O passe longo no nascimento da jogada do primeiro gol demonstra a sua capacidade. Cuca queria emprestar o jogador. - 7,0

Pituca: Tem uns 14 pulmões. Apareceu em todos os setores do campo. Salvou um gol certo no fim da partida. 36 partidas na temporada, impressionante. Recuperou o bom futebol. - 7,0

Jean Mota: Não realizou grande partida e foi substituído novamente no intervalo. Ainda assim, toda vez que sai o setor cai de produção. Vai entender? - 5,5

(Lucas Lourenço): Tentou ser mais vertical que seu antecessor. Tem potencial para render mais. - 6,0

Arthur Gomes: Teve uma chance de ouro no primeiro tempo e desperdiçou. Bom senso coletivo na recomposição. - 5,5

(Lucas Braga): O melhor do jogo. Marcou um gol e deu assistência para outro. A sua emoção ao marcar o gol do empate foi comovente. - 7,5

Kaio Jorge: Desperdiçou algumas boas chances. - 5,0

Soteldo: Bastante acionado. Peca na finalização. - 6,5

Técnico: Cuca: Mexeu bem no time. - 7,0

 


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by