FOTO CAPA

SASHA: "O RESPEITO ACABOU"

Publicado às 17h15 desta segunda-feira, 18 de novembro de 2019.
O empate entre Santos e São Paulo, no último fim de semana, deixou algumas sequelas. Principalmente, envolvendo o lateral Jorge e o atacante Sasha. O artilheiro do Peixe no Brasileirão, em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (18) no CT Rei Pelé, afirmou que após o desentendimento que culminou com o ala canhoto levando a mão no rosto do centroavante santista e mesmo com o pedido de desculpas do camisa 3 que "perdeu o respeito" pelo companheiro e que sua vontade era tê-lo agredido ainda no gramando da Vila Belmiro:
"Fiquei sim, realmente muito chateado por eu ser um cara que respeito muito as pessoas, principalmente meus companheiros, Confesso que a minha vontade, na hora, foi de ter dado um soco na cara dele, mas o profissionalismo na hora falou mais alto. Se eu reagisse de cabeça quente, eu ia prejudicar demais minha equipe. Depois do jogo ele acabou pedindo desculpa a mim e meus companheiros, mas o carinho, a admiração e o respeito que eu tinha por ele acabaram no momento que ele teve aquela reação" desabafou Sasha.
Questionado, como teve sangue frio e não ter reagido a 'fúria' do ala que pertence ao Mônaco-FRA e está emprestado ao Peixe até o fim do ano, Sasha respondeu da seguinte forma: 
"Ele (Jorge) acabou se excedendo com o calor do jogo. Se eu reagisse da mesma forma, todo o grupo seria prejudicado, O juiz ia acabar expulsando nós dois. Com o tempo, eu aprendi que a gente tem de pensar bem, antes de falar ou ter uma atitude. E refletindo melhor, creio que foi a melhor coisa que eu fiz." analisou o atacante santista.
O atacante revelado no Inter e que tem contrato com o Peixe até 2021 garantiu que o problema foi pontual e não trará consequências futuras.
"Se naquele momento eu me controlei e não acabou atrapalhando, com certeza, não vai haver mais daqui pra frente, nenhum incômodo."
Sasha é o artilheiro do Peixe no campeonato nacional com 12 gols, nenhum deles de pênalti.  

strutura.com.br
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by