FOTO CAPA

CONMEBOL ABRE PROCEDIMENTO E PODE PUNIR SANTOS POR CAUSA DE SANCHEZ

Publicado às 22h15 desta quarta-fira, 22 de agosto de 2018.
A Conmebol abriu procedimento disciplinar para investigar uma possível irregularidade na escalação do volante uruguaio Carlos Sánchez, do Santos, na partida diante do Independiente-ARG, na noite desta terça-feira (21), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Em 2015, quando ainda defendia o River Plate-ARG, na semifinal da Copa Sul-Americana daquele ano, contra o Huracán, o novo camisa 7 santista agrediu um dos gandulas do jogo.

O uruguaio meio-campo santista não entrou mais em campo por competições organizadas pela Conmebol desde então, apenas pela seleção Uruguaia, na Copa América, e ele teria que cumprir mais um jogo de suspensão, entretanto, o Santos alega que a confederação sul-americana no ano de seu centanário, em 2016, concedeu uma"anistia" a todos os suspensos. 

O gerente jurídico do Santos Rodrigo Gama garante que q que não há risco de o clube receber punição por causa do uso de Sanchez. 
“Há um sistema digital da Conmebol e nele consta na pasta do Sanchez que não tinha punição a cumprir. Essa condição consta desde 24 de Maio."
Os artigos que a Conmebol estuda a possibilidade de punição ao Santos  são o 7.2 (escalar jogador não elegível para disputar a partida e cumprir as decisões diretivas ou ordens de órgãos disciplinares) e 19 (determinação de resultado de um jogo por responsabilidade ou negligência de uma das equipes).

Paralelamente, o Independiente-ARG também pode ter tido um jogador - Pablo Hernandez, que tenha jogador irregularmente. Em 2014, Pablo atuava por uma equipe chilena, antes de ir para o Celta de Vigo-ESP, porém, a situação é outra. O atleta recebeu dois cartões amarelos e a punição foi de apenas por um jogo e a chance de o clube argentino ser punido é muito pequena. Além disso, o prazo para reclamação são de 24 horas e até o momento, não se tem informações de que o alvinegro tenha reclamado formalmente.

Se a entidade sul-americana entender que o Santos errou na escalação de Sanchez, o resultado do jogo de ida passa a ser de 3 a 0 para o Independiente, em vez de o 0 a 0, que aconteceu na noite de ontem. 

Se o pior acontecer, o alvinegro passaria a ter que vencer por quatro gols de diferença no jogo de volta no Pacaembu, dia 28, para avançar a próxima fase da Libertadores. 

Até a sexta-feira (24), a Conmebol deve se manifestar sobre o assunto.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by