FOTO CAPA

CADA VEZ MAIS PRÓXIMO

Publicado às 21h05 desta terça-feira, 16 de janeiro de 2018.
O "presente de natal" prometido pelo presidente José Carlos Peres está cada vez mais próximo de ser concretizado, apesar do atrasado. Entre Santos e o atacante Gabriel está tudo certo e apenas um detalhe financeiro, que não é tão significativo assim, separa o regresso do jogador a Vila Belmiro.

Gabriel deixou o Peixe na janela do meio do ano de 2016. Foi a maior venda de um atleta do Santos ao exterior -  29 milhões de euros (R$ 108 milhões), mais do que Neymar ao Barcelona, em 2013. Porém, o atleta não conseguiu se firmar no "Velho Continente". Nem na Inter de Milão, tampouco no Benfica, onde ficou seis meses por empréstimo, os gols e o bom futebol do jogador foram vistos. 

O Santos tentou 18 meses de empréstimo, mas os chineses que administram o time de Milão, dono dos direitos econômicos de Gabriel, não aceitaram. 

Conforme revelado pelo Blog do ADEMIR QUINTINO, a engenharia financeira tem o comprometimento do clube da baixada em pagar aqui no Brasil, R$ 50 mil para o sustento de sua família e o restante de seus vencimentos estarão inclusos no valor do empréstimo de aproximadamente 1,5 milhão de euros.

A bola está com o atleta que tem de abrir mão de uma fatia de seu vultuoso salário. Se o staff do jogador aceitar a última exigência, o jogador seguirá recebendo do clube italiano, parte de seu salário em uma conta na Europa.

A direção santista, apesar de não se manifestar publicamente, demonstra muito otimismo que a novela se encerre nos próximos dias, com um desfecho positivo. 

A camisa 10 está guardada para ser utilizada pelo jogador. Na inscrição enviada a Federação Paulista ninguém está com o número que consagrou o "Rei do Futebol" - Pelé.

Até o momento, o alvinegro contratou apenas Eduardo Sasha e Romário para a temporada 2.018.


Resultado de imagem para Rafael Marques meia dúzia de gato pingado

RAFAEL MARQUES


Na tarde desta terça-feira (16), no Mais 90 do Esporte Interativo, fiz um desabafo do que eu penso se o atleta fosse efetivamente contratado. As vésperas da decisão da Copa do Brasil, em 2015, o atacante chamou a torcida do Santos de "meia dúzia de gato pingado.", através de uma rede social.

Repito, o que disse através de uma rede social, o que alguns dirigentes do clube me garantiram que a possibilidade de contratação não evoluiu.

strutura.com.br




 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by