FOTO CAPA

ZECA SEM LESÃO E SANTOS AGUARDA PROPOSTA POR CLÉBER

Publicado às 21h10 desta terça-feira, 30 de Maio de 2017.
Os jogadores do Santos se reapresentaram na tarde desta terça-feira (30), após a derrota em casa diante do Cruzeiro. Quem comandou a atividade foi o auxiliar e filho do técnico Dorival Junior - Lucas Silvestre. O comandante santista tem compromissos na capital carioca. Um deles é que Dorival pretende comparecer a audiência que vai julgá-lo pela expulsão diante do Coritiba, na rodada retrasada. O técnico pode levar até seis jogos de punição. 

A boa notícia pelos lados da Vila é que o lateral Zeca, que deixou o gramado no início do segundo tempo, no último domingo (28), com suspeita de uma lesão muscular, não teve nada grave. 

O titular da lateral-esquerda santista se submeteu a exames e apesar das dores que ainda sente, não foi identificada nenhuma lesão. O camisa 37 segue realizando tratamento no CEPRAF - (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas). Apesar de Zeca não ter tido nenhum edema ou estiramento, o jogador ainda é dúvida, mas tudo leva a crer que ele tem condições de se recuperar a tempo de atuar no clássico diante do SCCP, no próximo sábado (3), na Arena de Itaquera, às 19h.

Se Zeca tem chances de estar à disposição, Lucas Lima permanece como desfalque. O camisa 10 da Vila sofreu um estiramento na coxa direita e foi até desconvocado para a Seleção Brasileira em razão da lesão. A expectativa é de que o jogador possa retornar no próximo fim de semana.

Depois do duelo do sábado, o Santos volta a jogar na capital, porém, no Pacaembu, como mandante, na quarta-feira (7), diante do Botafogo-RJ.


Cléber ainda não justificou a contratação pelo Peixe.
CLÉBER NO SÃO PAULO? SANTOS NEGA PROCURA ATÉ O MOMENTO

Contratado para ser o "xerife" da Vila no começo deste ano, Cléber ainda não empolgou com a camisa do Santos. Ele está na reserva de David Braz e Lucas Veríssimo e a situação pode piorar ainda mais para o jogador, já que os também defensores Luiz Felipe e Gustavo Henrique estão em vias finais de recuperação após intervenções cirúrgicas no joelho. 

Pelas informações dos setoristas que acompanham o dia a dia do São Paulo, o treinador Rogério Ceni demonstra interesse no futebol do zagueiro santista. O Tricolor paulista se prepara para perder Rodrigo Caio, na janela de transferências internacional, que vai se abrir no próximo mês.

Dirigentes do Santos negam que tenham sido procurados pelo clube do Morumbi, pelo menos, por enquanto.

Nos bastidores especula-se e comenta-se que o time da capital quer o atleta, mas se recusa a pagar os mesmos valores que o Peixe tem de pagar ao Hamburgo (ALE) pela fatia que adquiriu de 60% dos direitos econômicos, por 2 milhões de euros (mais de R$ 7 milhões de reais).

Cléber tem contrato até janeiro de 2022 com o Peixe. Até aqui, o jogador atuou apenas 9 partidas pelo alvinegro.


FALHA MINHA

Cometi uma injustiça com o meia Jean Mota na avaliação das notas do último domingo. No meu comentário, escrevi que foi dele o passe errado que originou o contra-ataque do gol de Thiago Neves. 

Revendo o lance pela TV na manhã desta terça-feira(30), percebi que na verdade, o último santista a tocar na bola foi Ricardo Oliveira, que recebeu lançamento na entrada da área e o juiz não marcou a falta no centroavante santista. 

Na continuação do lance, a bola chegou no argentino Ariel Cabral que lançou Abila, que serviu o autor do gol.

Humildemente, peço desculpa pelo ato falho.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by