FOTO CAPA

CLASSIFICADO COM OS RESERVAS

Publicado as 00h59 desta sexta-feira, 29 de abril de 2016.
O Santos está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. Os reservas comandados por Dorival Junior venceram o Santos do Amapá por 3 a 0 e vão enfrentar na outra etapa, o Galvez do Acre. Os gols da classificação foram marcados por Luiz Felipe, Ronaldo Mendes e Joel.

O meio-campista Leandrinho que seria titular contraiu virose e nem no banco ele apareceu. Alison apareceu em seu lugar.

No primeiro tempo, um Santos tímido sem penetração e com dificuldades de ameaçar o gol de Zé Maria. O primeiro gol santista só aconteceu no último minuto do primeiro tempo.

Já na segunda etapa, mesmo sem alterar a equipe na volta do intervalo, o Peixe conseguiu ameaçar mais e os gols foram acontecendo de forma natural.

Além de ter conseguido poupar seus titulares para a decisão do Estadual, o time de Dorival Junior não correu riscos de perder a classificação, como aconteceu em 2009, quando o clube foi eliminado precocemente diante do CSA-Alagoas em plena Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 0 SANTOS-AP
Vila Belmiro
Árbitro: William Machado Steffen 
Público-Renda:5.712 pagantes / R$ 58.095,00
Cartões amarelos: Elano, Lucas Veríssimo (SAN), Lessandro, Rafinha, Cavalo e Pretão (SAP)
Cartões vermelhos: Alison (SAN) e Lessandro (SAP)
Gols: Luiz Felipe 46' 1ºT (1-0); Ronaldo Mendes 21' 2ºT (2-0) e Joel 37' 2ºT (3-0)
SANTOS: Vanderlei; Igor, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Caju; Alison, Rafael Longuine (Fernando Medeiros 32' 2ºT), Elano (Lucas Crispim 23' 2ºT) e Ronaldo; Paulinho (Maxi Rolón 19' 2ºT) e Joel. Técnico: Dorival Júnior
SANTOS-AP: Zé Maria; Cavalo, Dedé, Jari e Batata (Jean Marabaixo 39' 2ºT); Otavio Pretão, Lessandro, Fabinho e Rafinha; Renatinho e Armando (Esquerdinha 24' 2ºT). Técnico: Romeu Figueira


NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Vanderlei: Expectador de luxo. Só fez uma defesa no segundo tempo. – 6,0
Igor: Apoiou bastante. Sofreu com o desentrosamento. – 6,0
Lucas Veríssimo: Deu um passe errado no começo do tempo e teve que matar a jogada. Pode ganhar a vaga de titular na final, se David Braz não se recuperar a tempo. – 5,5
Luiz Felipe: Arroz com feijão e premiado com seu primeiro gol no clube na sua quarta partida com o manto alvinegro. – 6,5
Caju: Alternou apoios e momentos mais discretos na partida. Jogou melhor na partida de ida. – 5,5
Alison: Num jogo controlado, com um adversário de qualidade técnica inferior, não pode ser expulso. – 4,5
Rafael Longuine: Eternamente discreto.  – 5,0
(Fernando Medeiros): Jogou apenas 13 minutos. – SEM NOTA
Elano: Buscava armar o time com ligações diretas. Melhorou apenas na segunda etapa. Foi substituído. Foi dele o passe do primeiro gol – 5,5
(Lucas Crispim): Tentou explorar a velocidade pelo lado esquerdo do ataque. – 5,5
Ronaldo Mendes: O único que buscou jogo e armou o time com eficiência. Premiado com um belíssimo gol. – 7,0 
Paulinho: Apagado. Tem muito mais bola do que demonstrou nessa partida. – 5,0
(Maxi Rolón): Ficou limitado a jogar pela esquerda do campo. Recuou muito para quem joga no ataque. – 6,0
Joel: Não jogava bem até receber um presente do adversaria e marcar o último gol do jogo. – 6,5
Técnico: Dorival Júnior: Acertou em poupar os principais titulares. O Santos não correu risco algum de ser desclassificado. – 6,5


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by