FOTO CAPA

QUEM PAGA A CONTA DA RESCISÃO DE DAMIÃO?

Publicado às 08h06 desta sexta-feira, 11 de dezembro de 2015.
A Justiça autorizou a rescisão de contrato de Leandro Damião com o Santos. No fim da tarde desta quinta-feira (10), o destrato já estava no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O  Santos terá de pagar os € 13 milhões que pegou emprestado com a Doyen Sports na contratação do atacante, em dezembro de 2013. O valor, corrigido em euros, está em aproximadamente € 15 milhões e o montante a ser pago ultrapassa os R$ 60 milhões. Ainda não houve o julgamento definitivo e deve demorar ainda para isso acontecer.

Os advogados do jogador conseguiram uma liminar em Brasília deferida pelo corregedor-geral do Tribunal Superior do Trabalho em Brasília, João Batista Brito Pereira. O Santos limitou-se a dizer através de sua assessoria que não comenta decisões judiciais e que o departamento jurídico trata o assunto.

Para contratar Damião, a gestão passada dirigida pelo ex-presidente Odílio Rodrigues, pegou emprestado com a Doyen os valores para contratar em definitivo o centroavante que estava em baixa no Sul do país. No acordo, o clube se comprometia a devolver os valores ao fundo de investimentos maltês em 2018, com correção de 10% de juros (em euros). O salário do jogador, outro absurdo, girava na casa de R$ 650 mil, com direito a auxilio moradia. 

Damião chegou de Bonde na apresentação
O camisa 9 foi apresentado no Santos com status de craque em evento que contou com participação de torcedores, incluindo o rapper Emicida, e até mesmo um passeio através do tradicional bonde da cidade litorânea.

Sem render e justificar o investimento da contratação mais cara do Brasil, na ocasião, Damião foi emprestado ao Cruzeiro, e o clube de Vila Belmiro se comprometeu a pagar parte dos vencimentos. O time da Toca da Raposa ficou responsável por R$ 400 mil e a diferença - R$250 mil ficava a cargo do Santos.  Segundo a assessoria do jogador, o Santos não pagou. Com isso, o atleta foi a justiça e conseguiu a liminar. Foi a confirmação de uma tragédia anunciada.

Damião marcou 11 gols em 44 jogos.
O atual presidente do Santos - Modesto Roma Junior convocou entrevista coletiva para a tarde desta sexta-feira (11) com o objetivo de falar sobre uma nova parceria do clube para a temporada 2016. Ele também deve explicar porque a fatia que o Santos tinha de pagar Damião, enquanto esteve emprestado ao clube mineiro, não foi paga. Apesar do mandatário não ter contratado o jogador por valores milionários, a granada já está sem o pino, pode cair no chão e explodir a qualquer momento. De acordo com as cláusulas de empréstimo, assim que houver o mérito definitivo do imbróglio, o Santos terá de pagar os valores do que pegou para adquirir o jogador se ocorrer antes de 2.018.

Sem a Lei de Responsabilidade Fiscal aos dirigentes de clubes, as pessoas físicas passam pelas agremiações, ficam impunes e a instituição paga a conta? Pois é exatamente isso que vai acontecer. 

Pelo Peixe, em 2014, Damião fez 44 jogos e marcou apenas 11 gols. 



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by