FOTO CAPA

FALTOU O GOL

Publicado às 02h28 desta quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015.
O Santos fez um segundo tempo excelente, empurrou o São Paulo na defesa, mas Rogério Ceni em noite inspirada parou o ataque alvinegro e o clássico na noite desta quarta-feira (11), no estádio da Vila Belmiro, terminou empatado em 0 a 0.

O time de Enderson Moreira começou em cima do adversário, porém com um bom toque de bola, o meio-campo tricolor envolveu o time da casa e dominou as ações durante 30 minutos. Daí em diante, foi um massacre santista com 19 finalizações. Ainda no primeiro tempo, o goleiro são paulino fez duas grandes defesas após uma cobrança de falta e uma cabeçada, ambas de Ricardo Oliveira. Já o camisa 1 santista, Vanderlei, também fez uma ótima defesa em um chute de PH Ganso.

Na segunda etapa, com Lucas Lima inspirado e melhor posicionado, além de Geuvânio que acabava com o lado esquerdo da defesa tricolor, o Peixe continuou a ditar o ritmo e Rogério Ceni fez a mais bela defesa da noite, após chute de Marquinhos Gabriel e no mesmo lance, Renato com caimbras, chutou em cima do ídolo são paulino, após o rebote.

Mesmo em começo de temporada deu para perceber que o Santos, se ainda não está preparado para ser campeão, demonstrou condições de enfrentar com equílibrio uma das grandes equipes do futebol brasileiro, aliás, o atual vice-campeão. Se o time vai evoluir, apenas o tempo dirá.

No próximo sábado (14) de carnaval, o Peixe vai ao ABC e enfrenta o São Bernardo, às 17 horas. O lateral Cicinho que cumpriu suspensão neste meio de semana fica a disposição e pode retornar se o treinador desejar.

FICHA TÉCNICA
Santos 0 x 0 São Paulo
Local: Vila Belmiro, às 22 horas.
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho.
Público e renda: 8.867 pagantes/ R$ 269.545,00
Cartões amarelos: David Braz, Robinho e Elano (SFC); Rafael Toloi, Reinaldo e Luis Fabiano (SPFC).
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Werley e Chiquinho; Alison, Renato e Lucas Lima (Elano); Geuvânio, Ricardo Oliveira (Marquinhos Gabriel) e Robinho (Lucas Crispim). Técnico: Enderson Moreira.
São Paulo: Rogério Ceni; Bruno, Lucão, Rafael Toloi e Reinaldo; Denilson, Souza, Michel Bastos e Ganso; Ewandro (Pato) e Luis Fabiano (Alan Kardec). Técnico: Muricy Ramalho.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Vanderlei: Posso estar sendo precoce, mas transmite uma tranquilidade a defesa e a torcida que impressiona. Bela defesa em chute de PH Ganso. - 7,0
Victor Ferraz: Junto com Geuvânio fizeram um carnaval no lado esquerdo da defesa do São Paulo, principalmente no primeiro tempo. Pecou nos cruzamentos pouco eficazes. - 6,0
David Braz: Quando faz o arroz com feijão, vai bem. Quando tenta inventar, deixa a desejar. Pecou em saídas de bola. - 5,5
Werley: Bem no desarmes. Joga sério. - 6,0
Chiquinho: Bem na marcação. Não se aventurou ao ataque. - 6,0
Alison: Correu feito "louco" principalmente no primeiro tempo. Com o time mais encaixado na etapa complementar correu menos e desarmou mais. - 6,0
Renato: Toques laterais e perdeu a bola do jogo após o rebote de Rogério Ceni no chute de Marquinhos Gabriel. Me disse após o jogo em entrevista que sentiu caimbras. - 5,0
Lucas Lima: Bem marcado por Souza no primeiro tempo, fez um segundo tempo excelente. - 7,0
(Elano): Inverte o jogo com facilidade. Uma finalização ruim. Sem ritmo. - 5,5
Geuvânio: O melhor santista do jogo. Humilhou com caneta e elástico o lateral-esquerdo Reinaldo do São Paulo. - 7,5
Ricardo Oliveira: Se movimentou bastante mas desperdiçou algumas oportunidades para abrir o marcador. - 6,0
(Marquinhos Gabriel): Entrou bem e teve a bola do jogo que Rogério defendeu. - 6,0  
Robinho: Dá dó de ver o Robinho brigar com os zagueiros fortes dos adversários após ligações diretas feitas principalmente por David Braz. Foi dele a assistência que Marquinhos Gabriel desperdiçou. - 6,5
(Lucas Crispim): Jogou apenas sete minutos com os acréscimos. - SEM NOTA. 
Técnico: Enderson Moreira: O time demonstrou uma marcação diferente e demorou 30 minutos para encaixá-la. Tem dificuldades de ler o jogo, pois quando Lucas Lima começou a jogar melhor, o treinador sacou para a entrada de Elano. - 5,5


Lusa e Santos deve ir para o Pacaembu

Nesta quarta-feira (12), conversei com alguns dirigentes da Portuguesa que me confessaram que pretendem solicitar a Federação Paulista que o jogo contra o Santos, dia 22 de fevereiro, o primeiro domingo após o carnaval, às 17 horas, seja realizado no próprio da municipalidade paulistana, o Pacaembu. 

Por enquanto, o jogo está marcado para o estádio do Canindé, mas o mesmo está interditado pela Polícia Militar. Como o time lusitano necessita de renda, os torcedores do Santos devem mesmo como visitante, ter a maioria das arquibancadas à disposição quando as vendas dos ingressos se iniciarem.


Blog da gestão passada

O grupo político que deixou a direção do Santos em dezembro do ano passado lançou o blog Transparência SantistaO conteúdo da página na internet contém textos inclusive do ex-presidente Odílio Rodrigues que defendem as ações dos membros do seu Comitê de Gestão.

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by