FOTO CAPA

CALDEIRÃO DO HULK

Postado às 17h00 - sábado, 29/06/2014.
(*) Felipe Takashi

Galvão Bueno anunciava: "Hoje, por conta da transmissão de Brasil e Chile, não exibiremos o Caldeirão do Huck"
Grande ironia. Afinal, o que se via no gramado do Mineirão era justamente o 'Caldeirão do Hulk'. O atleta parecia predestinado a sair da condição de herói de cinema, para vilão brasileiro na Copa do Mundo.

Quem perdeu a bola no gol chileno? Hulk. Quem sofreu penalti não marcado? Hulk. Quem desperdiçava as grandes oportunidades? Hulk. Quem errou na decisão dos penaltis? Ah, adivinha? 

O jogo foi cruel com o atacante da seleção brasileira. E por incrível que pareça, Hulk era um dos melhores jogadores brasileiros em campo. Um dos poucos que resistiram fisicamente o calor das 13h; O jogador que fazia o goleiro chileno trabalhar. E sem dúvida alguma, Hulk será eternamente grato ao goleiro Júlio César. Hulk e o Brasil, porquê nunca antes na história, ambos foram tão parecidos.

O Brasil era força, não técnica. O Brasil foi sorte, não juízo. Felipão foi largo como Felipão. O Brasil está nas quartas de finais da Copa.




Avaliação aos atletas:

Júlio César: Taffarell. Nota: 10,0


Daniel Alves: Precisa sair da equipe com urgência. Ficou em desvantagem no confronto com Eugênio Mena. É incapaz de ser válvula de escape. Não consegue ir até a linha de fundo. Para piorar, tem extremas dificuldades na marcação. Nota: 4,5


Thiago Silva: Sorte do Brasil ter um zagueiro deste nível. Nota: 8,0


David Luiz: Fez gol, bateu penalti e foi gigantesco na defesa. Precisa de mais o que? Nota: 9,0


Marcelo: Hoje conseguiu uma proeza: Ser pior que o Daniel Alves. A falha fatal foi no seu setor. Nota: 4,0


Luis Gustavo: Fora do próximo jogo. Quase entregou o ouro no final do primeiro tempo. Nota: 5,5


Fernandinho: Arriscou de longa distância. Não repetiu o excelente desempenho do último jogo. Nota: 5,5


(Ramires): Pouquíssima qualidade no passe para um meio campista. Nota: 5,0


Oscar: Falta tesão. Nota: 5,5


(Willian): Jogou pouco. Sem Nota.


Hulk: Personagem da partida. Nota: 7,0


Neymar: Começou bem, depois sentiu o calor e caiu de produção. Nota: 6,5

Fred: Um centroavante sem gols é como uma tanajura sem bunda. Como uma hiena que não sorri. Nota: 5,0

Jô: "Melhor que o Robinho" com 1m91c perdeu TODAS as jogadas aéreas para Medel de 1m70c. Um brincalhão. Nota: 4,0


Felipão: Deve frequentar algum centro de macumba. Tem mais sorte que o ganhador da Mega Sena. Nota: 5,5

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by