FOTO CAPA

GOLEADA NA ESTRÉIA

Postado às 20h23 deste domingo, 5 de janeiro de 2014
A equipe Sub-20 do Santos não poderia começar melhor a sua participação em busca do terceiro título da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os atuais campeões golearam o Alecrim de Natal/RN por 8 a 0, na tarde deste domingo (5), no estádio da Vila Belmiro. Destaque para a atuação de Diego Cardoso que com quatro gols já é o artilheiro da competição ao lado de Fabrício, do Flamengo de Guarulhos.

Os demais gols da partida foram marcados pelo zagueiro Naílson e outros três por Stéfano Yuri.

Com menos de um minuto os comandados de Pepinho Macia já venciam por 1 a 0, e terminou os 45 minutos iniciais com cinco gols. 

Apesar da fragilidade do adversário, o Santos, bastante renovado, demonstrou que tem futebol pra ir longe na "Copinha". 

O resultado deixou o Peixe na liderança do grupo V, em razão do saldo de gols. Na outra partida, o Criciúma derrotou o Capital-DF, por 2 a 0. 

Na quarta-feira (8) às 19 hs, os Meninos da Vila voltam a campo na Vila Belmiro para enfrentar o Capital-DF.

NOTAS DOS JOGADORES DO SUB-20 DO SANTOS

João: Pouco foi exigido, mas quando precisou deu conta do recado - 6,5
Daniel Guedes: Apoiou bastante - 6,5
(Diogo): Muita qualidade no apoio pela esquerda - 7,0
Paulo Ricardo: Joga sério - 6,5
Naílson: Pouco trabalho e ainda marcou um gol - 7,0
Zé Carlos: Não foi mal, mas joga bem mais do que foi visto nesta primeira rodada - 7,0
Lucas Otávio: A regularidade de sempre. Marca e ainda aparece como elemento surpresa na frente - 7,5
Fernando Medeiros - Volante de apenas 17 anos que inverte o jogo com lançamentos perfeitos. Há muito tempo eu não via alguém com essa precisão - 8,0
Serginho: Limitou-se a boas trocas de passes - 6,5
Neílton: Apesar de ser o mais experiente, não brilhou - 6,0
Stéfano Yuri: Marcou três gols e ainda deu uma assistência - 8,0
(Matheus Augusto): Jogou poucos minutos - sem nota
Diego Cardoso: O nome da partida. Marcou quatro gols, é o artilheiro da competição e ainda deu uma assistência. Poderia até ter marcado mais, mas foi substituído aos 26 minutos do segundo tempo - 8,5
(Jorge Eduardo): Entrou e manteve a velocidade no ataque - 6,5

Técnico: Pepinho Macia: Armou a equipe num 4-3-3, onde os meio-campistas saem pro jogo e também tem de marcar. Teve sabedoria suficiente de retirar alguns jogadores para poupá-los para a próxima rodada. Vai ter que arrumar lugar para o canhoto Diogo na lateral. O jovem de apenas 16 anos, provou em alguns minutos que pode ser titular - 8,0 


http://www.strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by