FOTO CAPA

A PRIMEIRA VIRADA

Postado às 23h17 deste domingo, 1 de dezembro de 2013
Mesmo sem ter mais nenhuma pretensão no Campeonato Brasileiro, o Santos que não tem mais chances de ir a Libertadores e tampouco ser rebaixado, venceu o Atlético/PR por 2 a 1, com dois gols de Cícero. O time de Claudinei Oliveira demonstrou dignidade, profissionalismo e de quebra após 37 rodadas conseguiu a primeira virada no Campeonato Brasileiro.

O resultado garantiu matematicamente a posição de melhor paulista na competição para o alvinegro da Vila. Mesmo que venha a ser derrotado na última rodada, o Santos vai terminar como melhor time do Estado, que não vale absolutamente nada, mas como os números são irrefutáveis, não custa citá-los.

O Peixe começou a partida indo para o ataque, mas saiu atrás do marcador. O time paranaense aproveitou-se da fragilidade da marcação santista do lado esquerdo e após um cruzamento por aquele setor, Marcelo Cirino abriu o marcador. Não demorou muito para a reação santista que empatou seis minutos após.

Na segunda etapa, as equipes alternaram ataques até que Cícero aproveitou a oportunidade, após belo lançamento de Durval e deu números finais a partida.

Apesar das críticas que sofreu, Claudinei Oliveira vai terminar sua passagem pelo Santos com uma campanha melhor do que a de Muricy Ramalho, seu antecessor. O jovem treinador vai deixar o Peixe na sétima ou oitava colocação da competição, algo que Muricy Ramalho mesmo com Neymar em quase duas dezenas de jogos não conseguiu. Com o atual técnico do São Paulo, o time alcançou 53 pontos em 38 rodadas em 2012. Em 37 jogos, o time de Claudinei já tem 54 pontos.

Para a despedida da competição contra o Goiás, no próximo domingo (8), Edu Dracena recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca a equipe. Em compensação, Arouca que cumpriu suspensão contra os paranaenses, retorna e fica a disposição do treinador. 

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 ATLÉTICO-PR
Estádio: Teixeirão, São José do Rio Preto (SP)
Data/hora: 1/12/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Público e renda: - 11.431 pagantes / R$ 235.940,00
Cartões amarelos: Marcelo, Everton e Bruno Silva (APR); Edu Dracena, Alan Santos (SAN)
Gols: Marcelo, aos 27'1ºT (0-1); Cícero, aos 33'1ºT (1-1) e aos 32'2ºT (2-1);
SANTOS: Aranha, Cicinho (Bruno Peres, 45'2ºT), Edu Dracena (Durval, 11'2ºT), Gustavo Henrique e Mena; Marcos Assunção (Renato Abreu, 25'2ºT), Alan Santos, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio. Técnico: Claudinei Oliveira

ATLÉTICO-PR: Weverton, Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, Bruno Silva (Roger, 45'2ºT), João Paulo (Zezinho, 23'2ºT) e Everton; Marcelo e Éderson (Dellatorre, 23'2ºT). Técnico: Vagner Mancini

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Aranha: Um dos melhores goleiros do campeonato, sem medo de errar - 6,5
Cicinho: Bela assistência no primeiro gol - 6,5 
(Bruno Peres): Jogou poucos minutos - sem nota
Edu Dracena: Parou algumas jogadas com falta, principalmente quando saiu para as coberturas - 6,0
(Durval): Fundamental lançamento para o gol da vitória - 7,0 
Gustavo Henrique: Sofreu para cobrir o lado esquerdo da defesa, mas não comprometeu - 6,0
Mena: Sacrificado do lado esquerdo porque Marcos Assunção, sem ritmo de jogo e que não tem a mesma mobilidade, não acompanhava-o em todas as jogadas. Não marcou com a mesma eficácia - 5,0
Marcos Assunção: Pouca mobilidade, porém o primeiro passe saia com precisão - 5,0
(Renato Abreu): A exemplo do seu antecessor, também pouco se movimentou - 5,0 
Alan Santos: Joga de cabeça erguida. Cresceu durante a partida - 6,0 
Cícero: Na frente do goleiro, dificilmente perde gols. Marcou mais dois - 8,0
Montillo: A exemplo do que aconteceu durante o ano, está devendo futebol. Joga muito mais do que apresentou até aqui com a camisa do Santos- 6,0 
Thiago Ribeiro: Foi boa opção de velocidade - 6,0
Geuvânio: Se movimentou muito bem novamente, porém precisa treinar finalização, urgente - 6,0
Técnico: Claudinei Oliveira: Preferiu Assunção a Renê Junior na vaga de Alison, lesionado. Apostou na experiência nas substituições. Amadurece na função e demonstrou que tem dignidade, já que o Santos mesmo sem chances na competição, busca as vitórias nas rodadas finais - 6,5 


http://www.ademirquintino.com.br


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by