FOTO CAPA

CLIMA HOSTIL

Postado às 07h30 desta quarta-feira, 7 de Agosto de 2013 - Foto de Lucas Santos
Após o cancelamento da reunião "informal" do Conselho Deliberativo, aproximadamente 20 torcedores que afirmaram pertencer ao "Movimento Popular Acorda Santista", ainda revoltados com a goleada diante do Barcelona por 8 a 0, na última sexta-feira (2), resolveram protestar na noite desta terça (6), em frente ao estádio da Vila Belmiro. Pouco antes, no CT Rei Pelé, torcedores tiveram a entrada autorizada para conversar com dirigentes, técnico e jogadores. Este é o clima que ronda as cercanias do Estádio Urbano Caldeira para o clássico contra o SCCP, nesta quarta-feira (7) às 21h50.

Com faixas e panfletos contra os integrantes do Comitê de Gestão que administra o clube, os manifestantes se concentraram em frente ao portão dia 16 e passaram a gritar, cantar e exigir uma reunião com o vice-presidente Odílio Rodrigues. Sobrou até mesmo para o ex-presidente do clube, Marcelo Teixeira, que foi lembrado.  

A Torcida Jovem, maior organizada do Peixe, também fez a sua manifestação. Aproximadamente 20 membros da torcida tiveram entrada autorizada no CT Rei Pelé, antes do inicio do regime de concentração dos atletas para o clássico. 

O Blog do Ademir Quintino apurou que os integrantes da organizada conversaram com o técnico Claudinei Oliveira, com o vice- presidente Odílio Rodrigues, o capitão Edu Dracena e o lateral-esquerdo Léo. Já à noite dentro da Vila Belmiro, alguns membros da mesma organizada voltaram a falar com o vice-presidente Odílio Rodrigues Filho.

Um fracasso do time praiano na Vila nesta quarta-feira (7) contra o rival SCCP Corinthians, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, pode desencadear uma revolta de medidas incalculáveis. Uma vitória é fundamental para que o processo de reconstrução da equipe ocorra de forma mais pacífica. 

 


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by