FOTO CAPA

NEYMAR AINDA É DÚVIDA

Postado às 13h15 desta sexta-feira, 26 de abril de 2013.
O Santos está ainda não está definido para decidir uma vaga a semifinal do Campeonato Paulista/2013, no estádio da Vila Belmiro, onde neste sábado (27), enfrenta o Palmeiras às 16h15, com transmissão da Super Rádio TUPI/SP – 1150 AM. Neymar permanece como dúvida. O jogador sequer participou da atividade realizada na manhã desta sexta-feira (26), no CT Rei Pelé. Alan Santos deve ser o lateral pela direita na vaga de Galhardo. O vencedor deste confronto enfrenta o ganhador de Mogi Mirim x Botafogo/SP, que se enfrentam na mesma data às 18h30, no estádio Romildo Ferreira no interior de São Paulo, na semana seguinte.
 
A jóia santista Neymar é a maior preocupação para a partida. O atacante está com dois problemas. Ele sentiu um desconforto no músculo posterior da coxa esquerda ao final do empate de 2 a 2 do Brasil com o Chile, na última quarta-feira (24), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Além disso, o blog apurou com exclusividade que o jogador sofreu um pisão no dedo do pé direito e tem muita dificuldade para calçar a chuteira. Mesmo assim, deve ir pro jogo.
“Se ele (Neymar) não jogar, faz muita falta. Mas como técnico, tenho que procurar outras maneiras de jogar. Apesar de que, acho que pela vontade que tem e determinação também, que ele jogue” afirmou Muricy Ramalho.

O camisa 11 do Peixe e da Seleção Brasileira já passou por exame de ressonância magnética no final da tarde de quinta-feira (25), e o laudo excluiu qualquer tipo de lesão de maior gravidade. O atleta segue realizando trabalho de fisioterapia no Cepraf em dois períodos, até amanhã, quando será reavaliado pelo Departamento Médico do clube para oficializar sua participação no duelo.
 
Uma das novidades no time santista em relação ao que venceu a Penapolense na última rodada da fase de classificação, deverá ser a improvisação de Alan Santos na lateral-direita. O titular, Rafael Galhardo, está fora do clássico. 

Segundo o técnico Muricy Ramalho, Rafael Galhardo, não tem a mínima condição psicológica para estar em campo: "Ele não tinha a mínima chance de participar do jogo. Está muito abatido". A frase do treinador santista se refere à trágica morte do irmão do camisa 4 do Santos em um acidente de automóvel no começo da semana. O reserva Bruno Peres segue se recuperando de dores no púbis.

Já o volante Marcos Assunção e o atacante Miralles foram relacionados para o jogo. Ambos estão recuperados e apesar da falta de ritmo, ficam à disposição do treinador santista.
 
“Estão relacionados os dois. Treinaram bem e na parte com bola, que é o que mais eu queria. Treinaram todo dia uma hora e em um coletivo para sentir como o atleta está. Como treinaram bem e não sentiram nada, estão relacionados” garantiu Muricy Ramalho. 

Em compensação, o atacante Giva, com uma inflamação no púbis, está fora da partida. O blog apurou que o jogador realizou exame de ressonância magnética que apontou o problema.

Sendo assim, o provável Peixe deverá ser Rafael; Alan Santos, Edu Dracena (c), Durval e Léo; Renê Junior, Cícero, Arouca e Montillo; André e Neymar (Miralles).   


Flamengo/PI quer eliminação do Santos na Copa do Brasil

O Flamengo-PI protocolou na manhã desta sexta-feira (26) junto CBF solicitação exigindo a desclassificação do Santos na Copa do Brasil. A alegação do clube do Piauí é que o volante Alan Santos foi escalado de maneira irregular na partida de ida entre as duas equipes, realizadas no dia 10 de abril, em Teresina. 

A alegação do clube de Teresina é de que Alan Santos foi expulso na última partida do Santos no Campeonato Brasileiro de 2012, no dia 1º de dezembro, contra o Palmeiras no estádio da Vila Belmiro e, pelo Regulamento Geral das Competições da entidade, estaria impedido de atuar na estréia do alvinegro na Copa do Brasil.

Com Arouca lesionado, Alan Santos foi escalado para atuar contra o rubro-negro piauiense. 

Segundo o Regulamento Geral das Competições da CBF, mais precisamente no Capítulo V, temos o Artigo 68 que diz: Quando ao final de uma competição uma penalidade de suspensão por partida aplicada pelo STJD à atleta restar pendente, tal pena deverá ser cumprida obrigatoriamente em competição subsequênte de qualquer natureza, mas necessariamente dentre as competições coordenadas pela CBF.”

Traduzindo: Se acabou a competição é necessário se cumprir apenas as suspensões determinadas por julgamento do STJD em outras competições da CBF, portanto, não acarretava impedimento a presença de Alan Santos contra o Flamengo/PI pela Copa do Brasil, pois por ser suspensão automática ela deve ser cumprida somente na própria competição.
 





 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by