FOTO CAPA

O PRIMEIRO CLÁSSICO DA ERA CUCA

Publicado às 07h40 desta quinta-feira, 13 de setembro de 2018.
O Santos tem jogo importantíssimo neste domingo (16), válido pela 25a. rodada do Campeonato Brasileiro. Desde que Cuca chegou a Vila Belmiro para a sua segunda passagem como técnico, será o seu primeiro clássico regional a frente do time. O Peixe enfrenta um dos líderes da competição - o São Paulo. O alvinegro é o oitavo e luta para chegar no G-6 e lutar por uma vaga na Libertadores da América em 2019.

O time da Vila famosa vem em recuperação na competição. São sete jogos sem sofrer gols, oito partidas invictas e a segunda melhor campanha do segundo turno do Campeonato Brasileiro – com 11 pontos em cinco partidas. Somente o Palmeiras fez dois pontos a mais no returno.

Alheio aos problemas políticos, sob o comando de Cuca, em 12 partidas, o Peixe venceu cinco vezes, empatou outras cinco e perdeu apenas duas vezes para os mineiros Atlético e Cruzeiro, o primeiro no Brasileiro no estádio Independência e o segundo na Vila, na sua reestreia a frente do time, pela Copa do Brasil. Como mandante, o atual comandante técnico está invicto em Urbano Caldeira em jogos do Brasileirão.

A recuperação da auto-estima, os resultados significativos conquistados em sequência, o melhor momento do time na temporada, a boa fase de Gabriel Barbosa, artilheiro do Brasileirão, passam pelo bom trabalho de Cuca, em pouco mais de um mês. 

Pela primeira vez na temporada, o técnico está tendo uma semana cheia para poder trabalhar. Como o alvinegro estava envolvido nas três competições do segundo semestre - Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, o profissional não teve tempo de treinar o time e ensaiar jogadas, colocar um pouco mais do que pretende no seu sistema de jogo. 

Cuca terá a sua disposição no clássico, o retorno do volante Carlos Sánchez, liberado pelo Departamento Médico e que treinou normalmente na reapresentação desta quarta-feira (12). Ele se lesionou enquanto esteva servindo a seleção uruguaia, na última semana. Durante um treino antes da goleada que a 'celeste' enfiou de 4 a 1 na seleção do México, na última sexta-feira (7). O jogador nem atuou no duelo. Ele esteve ausente no empate diante do Grêmio-RS, no meio de semana passado (6) e no domingo (9), na vitória de 2 a 0 sobre o Paraná.

Em compensação, Lucas Veríssimo, que não atua desde a partida de volta das oitavas de finais da Libertadores, quando deixou o gramado com um problema muscular na coxa esquerda, ainda não foi liberado e deve ser nova ausência.


strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by