FOTO CAPA

VECCHIO QUER BLINDAR OS MENINOS DA VILA

Publicado às 17h48 desta sexta-feira, 26 de janeiro de 2018.
O meia Emiliano Vecchio não era considerado por alguns especialistas como um dos favoritos para começar a temporada de titular. Porém, sob o respaldo e a confiança do técnico Jair Ventura, tem atuado de meia armador e sido um dos destaques da equipe nas primeiras rodadas do Campeonato pelo Santos. 

O argentino, mesmo fora de sua posição que é a de segundo volante, tem a tarefa inglória de substituir Lucas Lima que foi para o rival Palmeiras. Mas o camisa 20, não parece se sentir pressionado. 
"Eu, me sinto um privilegiado por vestir e jogar com a camisa do Santos. Nem todo mundo pode jogar aqui. O time vai ser mais coletivo do que individual" garantiu.
O jogador admitiu que em reunião do técnico Jair Ventura com o grupo no começo do ano, deixou-o otimista e apesar de apenas o começa da temporada e com pouco reforços sonha com dias melhores no clube.
"Eu estou bem, tranquilo. Quando acabou o ano, eu estava um pouco triste, por não jogar o que eu queria, mas estou melhorando a cada dia e o mais importante é que o grupo esteja bem e conseguimos o objetivo que não atingimos o ano passado"
Vecchio afirma que os mais velhos tem de blindar os mais jovens, já que o Peixe entre os grandes é quem mais (até por necessidade financeira) dá oportunidades aos atletas da base, como Arthur e Rodrygo, por exemplo.
"Comecei a jogar com 16 anos também. O mais importante é manter a humildade e continuar trabalhando. Nos que somos mais velhos ajudaremos eles, os meninos, companheiros de trabalho que tem de trabalhar tranquilos".
Perguntado se Rodrygo, autor do gol da vitória diante da Ponte Preta, Vecchio disse que iria conversar com o menino, mas o elogiou bastante. 
"O Rodrygo é um menino especial, não só porque ele joga mas também fora de campo, muito maduro pela idade que ele tem. Ontem ajudou muito o time, fez o gol da vitória. Temos de ter paciência. Tem um potencial muito grande. O Santos tem algo que é muito especial. Falei com um amigo ontem que por aqui você vê jogadores de 15, 16, 17 anos muito importantes. O Rodrygo parece ter 30 anos em campo. É muito maduro".
Bruno Henrique é dúvida para o clássico contra o Palmeiras
BRUNO HENRIQUE SEGUE FORA E É DÚVIDA PARA O CLÁSSICO

O técnico Jair Ventura permanecerá sem seu principal atacante para a próxima rodada. Neste domingo (28), diante do Ituano, no Pacaembu, às 19h30, o comandante técnico não terá o futebol de Bruno Henrique. O jogador teve um trauma na retina do olho direito na primeira rodada do estadual diante do Linense

O camisa 11 já apresenta melhora parcial, mas por recomendação do especialista em retina Dr. Celso Afonso Gonçalves, ele ainda vai manter repouso absoluto nos próximos dias e será reavaliado na próxima semana. 

Fica a expectativa e a dúvida se o atleta vai se recuperar a tempo e vai estar a disposição para o clássico diante do Palmeiras, na semana seguinte.

O jogador tinha uma promessa de um bônus salarial, o ano passado, o que não aconteceu. Apesar de ser a referência técnica do time, ao lado do goleiro Vanderlei, Bruno não tem um dos maiores salários no elenco do time.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by