FOTO CAPA

NOVA DERROTA

Postado às 22h36 desta quarta-feira, 9 de outubro de 2013
Sem transpiração, criatividade e com um ataque que não faz mal pra ninguém, o Santos perdeu a segunda partida consecutiva no Brasileirão. Desta vez, reabilitou o Coritiba que não vencia há sete partidas - 1x0, gol de Júlio César aos 17 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Santos fica mais próximo da zona de rebaixamento (quatro pontos do Z-4)do que efetivamente do G-4 (nove pontos do grupo dos que se classificam a Libertadores).

Tenho muito pouco a dizer sobre essa derrota, pois o Santos como conjunto, simplesmente inexistiu. O ataque que teoricamente teria três atletas, tinha Everton Costa como assistente de lateral-direito, WJ19 com sapato de Aladdin (aquele com o bico empinado para cima) e um voluntarioso Thiago Ribeiro, que merece melhores companheiros de frente.

Eu joguei a toalha após o empate contra o Náutico na Vila. É torcer para fazer alguns pontos, terminar em posição intermediária e esperar contratações pontuais do Comitê de Gestão, esse sim responsável em montar um time competitivo para 2014. 

Leio muitas criticas ao técnico Claudinei Oliveira, mas não dá nem pra analisar a performance do treinador com um material humano de qualidade técnica mais do que duvidosa, que está em vossas mãos.

Nos "embalos de sábado à noite (12)", o Peixe volta a campo no Pacaembu, às 21 horas, contra a Ponte Preta. Montillo deve ser a maior novidade.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 0 SANTOS
Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data/Hora: 9 de outubro de 2013, às 19h30
Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG)
Cartões amarelos: Diogo, Uelliton (CTB); Arouca, Everton Costa, Neilton (SAN)
GOL: Julio César, 17'/2ºT (1-0);
CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Luccas Claro e Diogo; Uelliton, Gil, Robinho (Júnior Urso - 23'/2ºT) e Alex (Lincoln - 29'/2ºT); Geraldo (Carlinhos - 36'/2ºT) e Julio César. Técnico: Péricles Chamusca.
SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson; Alison, Arouca (Pedro Castro - 38'/2ºT) e Cícero; Everton Costa (Neilton - 11/'2ºT), Willian José (Giva - 29'/2ºT) e Thiago Ribeiro. Técnico: Claudinei Oliveira.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Aranha: Se não fosse ele seria pior - 7,0 
Bruno Peres: Marcou mal - 4,0 
Edu Dracena: Vinha muito bem. Tentou, mas não conseguiu interceptar o ótimo cruzamento de Vitor Ferraz no gol do Coxa - 5,5 
Gustavo Henrique: Muito bem nas bolas aéreas - 6,0
Emerson: Não conseguiu conter o ala Vitor Ferraz. Tem muito mais futebol do que o apresentado nesta noite - 4,0 
Alison: Grudou bem em Alex. Não tem bom passe - 6,0
Arouca: Foi melhor na marcação do que em relação aos outros jogos. Não apareceu como elemento surpresa - 5,5
(Pedro Castro): Jogou apenas 10 minutos - sem nota
Cícero: Só apareceu na bola parada e sem a qualidade que tem - 5,0
Everton Costa: Jogou de assistente de lateral. Atacante que não chuta e não faz gol. Não é jogador pro Santos - 3,0 
(Neilton): Nem parece que entrou. Acertou uma jogada apenas - 4,0 
Willian José: Errou tudo que tentou. Foi fazer um cruzamento pra frente e armou um contra-ataque - 2,5 
(Giva): Mais um que a cada dia perde a oportunidade de se firmar - 4,5 
Thiago Ribeiro: Aberto pela esquerda, esteve bem marcado - 5,0
Técnico: Claudinei Oliveira: Demorou pra tirar Everton Costa e WJ19. Não tem elenco qualificado - 5,0



SANTOS CLASSIFICADO NA COPA DO BRASIL SUB-20

Diego Cardoso marcou os dois gols da vitória do Santos sobre o Internacional/RS em Novo Hamburgo e classificou o Peixe a próxima fase (0x2).

Agora o alvinegro aguarda o adversário nas quartas de final da Copa do Brasil sub-20 (Bahia ou Joinville/SC).


Diego tem 22 gols na temporada. Seis na Copa do Brasil sub-20.







 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by