FOTO CAPA

O SANTISTA GOSTA DE LOUCURAS

Postado às 14h39 deste domingo, 9 de Junho de 2013

(*) Por Felipe Takashi

O futuro do Santos depende única e exclusivamente da escolha do próximo técnico. Desta vez, a decisão tem mais importância que em outras ocasiões, pois, o clube de Vila Belmiro passa por um processo intenso de reformulação. Jogadores, dirigentes e membros da comissão técnica deixaram o clube nos últimos dias e outros ainda podem sair. A venda de Neymar ao Barcelona ainda machuca e a contratação de Robinho que era dada com certa, agora trás mais dúvidas que convicções.

A contratação de um técnico que pertença ao ciclo vicioso e desatualizado do futebol brasileiro levará o Santos ao lugar comum. Aos defensores de Dorival Júnior, apresento-lhes o currículo do técnico após deixar o litoral paulista em 2010. O treinador não conseguiu emplacar em clube algum e mostrou não estar preparado para assumir o time nesse momento tão delicado.

Marcelo Bielsa é o nome ideal. O técnico argentino tem todos os pré-requisitos necessários para fazer um trabalho consistente e duradouro no clube. Famoso mundialmente pelo seu trabalho com jovens jogadores, ‘El Loco’ foi campeão olímpico com a Seleção Argentina em 2004, levou o Athletic Bilbao as finais da Liga Europa e Copa do Rey na Espanha, ressaltando principalmente que o clube basco vive quase que exclusivamente de sua categoria de base, possui um estatuto rigoroso que não permite trazer jogadores de fora da região. 

Bielsa também é uma lenda em seu país de origem, onde tirou o Newell’s Old Boys da segunda divisão e levou a decisão da Copa Libertadores. A idolatria é tamanha que o estádio do time de Rosário leva o nome dele.

Se a grande reclamação dos anos em que Muricy Ramalho ficou á frente do Peixe era a falta de padrão de jogo, com Marcelo Bielsa a chance do problema persistir é quase nula. O argentino é detalhista ao extremo, capaz de realizar treinos táticos todos os dias da semana em três períodos.

Ele possui diferenças marcantes em relação aos outros, ‘El Loco’ não concede entrevistas exclusivas, faz quase que todos os seus treinamentos fechados á imprensa e dá aulas de meditação aos seus comandados.

Enfim, o torcedor santista, ao contrário de outros, gosta do novo, gosta de quebrar paradigmas, gosta de loucuras, gosta de bater no peito e dizer: ‘É um orgulho que nem todos podem ter!’. Que assim, seja. 

(*) Felipe Takashi é proprietário da Agência Marítima Tecnologia que é responsável pelo portal Super 360 e do layout e diagramação do Blog do Ademir Quintino


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by