FOTO CAPA

PEIXE VAI RECORRER

Postado às 18h26 desta segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013
O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) julgou e condenou o Santos no fim da tarde desta segunda-feira (18), pela "chuva de moedas" em seu ex-atleta PH Ganso, no clássico contra o São Paulo, dia 3 de fevereiro. Com isso, o clube praiano terá a perda de um mando de campo e multa de R$10 mil. Como mando o estatuto do torcedor, nenhuma partida pode ser alterada antes de uma semana, e por isso o Santos vai enfrentar normalmente o XV de Piracicaba no Estádio da Vila Belmiro, no próximo domingo (24), porém, terá que cumprir a punição justamente no clássico contra o rival Corinthians, no dia 3 de março.
Mantivemos contato com o vice-presidente do Santos, Dr.Odílio Rodrigues que garantiu:
"O nosso departamento jurídico vai recorrer dessa decisão" afirmou ao blog, o vice-presidente santista.

O Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) pede que o clube punido mande a partida a 100km de distância da sua praça de Esportes. Sendo assim, o Peixe não pode enfrentar o rival na capital, pois a distância é insuficiente. Pelo que o blog apurou, o Santos pretende indicar o novo local, apenas após a reunião do Comitê de Gestão que dirige o clube, após quarta-feira (20).

 O clube foi punido no artigo 213 do CBDF, que versa que o incidente “não foi evitado e nenhum torcedor identificado”. Segundo o Site do Tribunal de Justiça Esportiva, o relator votou pela perda de um mando de campo e ainda multa de R$10 mil. No voto seguinte, o auditor debateu sobre a torcida organizada ser bancada pelo clube e ainda questionou sobre a gravidade dos fatos, por fim, concordando com o relator.



Sem querer ser guru, vidente ou algo do tipo, escrevi no microblog (twitter, foto acima) no dia 4 de fevereiro (há exatas, duas semanas) que tinha convicção que a partida que o Santos seria penalizado seria justamente contra o rival da marginal sem número. Eu não estava errado.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by