FOTO CAPA

TROCA-TROCA À VISTA?

Publicado às 17h33 desta quarta-feira, 30 de novembro de 2016.
Santos e Atlético Paranaense conversaram e amadurecem uma possível negociação envolvendo a troca por empréstimo de Marcos Guilherme e Thiago Ribeiro. O jogador que ainda pertence ao Santos estava no Bahia tem salário considerado alto, acima do teto estipulado pela diretoria santista, e por isso, o interesse em emprestá-lo.  

O Atlético-PR deseja que o Santos pague metade dos salários de Thiago Ribeiro, ou seja, fique responsável por no mínimo R$ 150 mil mensais, o que pode atrapalhar a conclusão do troca-troca. O Peixe quer ficar com a responsabilidade do salário apenas de Marcos Guilherme.

Segundo o presidente do rubro-negro paranaense, Paulo Autuori, técnico do Furacão, será consultado para saber se interessa a troca. 
Aqui nos caracterizamos por recuperar alguns atletas que estão sem grande oportunidades, em uma fase de redução da qualidade técnica. Tudo depende da avaliação da comissão técnica. É um bom atleta, tem talento, experiência internacional. Vai ser analisado”, disse Luiz Sallim Emed, presidente do Atlético-PR.
Marcos Guilherme tem apenas 21 anos e fez 44 jogos na atual temporada. Marcou apenas 3 gols, mas foi bastante contestado pela crítica paranaense em suas últimas apresentações. No Brasileiro, ele jogou em 20 das 37 partidas do clube, porém, em nenhuma delas permaneceu até o final e sempre era substituído. 

As conversas entre as agremiações permanecem, mas definição mesmo, somente após o término do Brasileiro, que teve a rodada adiada para o dia 11 de dezembro, em razão do desastre aéreo com a Chapecoense.

O diretor superintendente executivo do Peixe - Dagoberto Santos foi superintendente e diretor de futebol do Atlético por quase dois anos. O profissional santista trabalhou no clube do Paraná de 2011 à 2013. O bom relacionamento com a direção do Furacão pode colaborar na conclusão do negócio.



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by