FOTO CAPA

DE VOLTA AO CAMPEONATO

Publicado às 23h00 desta quarta-feira, 14 de setembro de 2016.
O Santos conseguiu um importante resultado na noite desta quarta-feira (14), na Ilha do Governador, no Estado do Rio de Janeiro. O time de Dorival Junior venceu o Botafogo por 1 a 0, com um lindo gol de Zeca, aos quatro minutos do primeiro tempo. Com o resultado, o Peixe pulou para 42 pontos após a 25a. rodada e voltou ao G-4.

Conforme o Blog do ADEMIR QUINTINO antecipou na manhã de terça-feira (13), Jean Mota foi confirmado na vaga de Copete, suspenso. Com dois armadores, o alvinegro fez a marcação alta nos primeiros minutos de jogo e deu certo. Zeca roubou de Neílton, avançou e fez um golaço, bem parecido com o gol marcado pelo melhor lateral em atividade no país, em Recife, diante do Santa Cruz em uma das outras vitórias do Santos fora da Vila e também diante do Grêmio, na derrota por 3 a 2, no Sul.

Porém, após os 12 minutos iniciais, o Botafogo conseguiu avançar suas linhas e ofereceu muito perigo a meta de Vanderlei. Faltou capacidade ofensiva e um pouco de sorte ao time da estrela solitária. 

Na segunda etapa, o treinador santista conseguiu melhorar a distribuição da equipe no gramado e durante 30 minutos, o time da casa quase não ofereceu perigo. Já na parte final do jogo, no desespero, o time de Jair Ventura se mandou para a frente e a pressão sobre a equipe da baixada voltou a acontecer, principalmente no lado esquerdo, nas costas de Caju (Zeca foi pra direito com a saída de Victor Ferraz). 

Dorival Junior colocou Yuri na vaga de Vitor Bueno e até Lucas Veríssimo no lugar de Lucas Lima entraram, tudo para conter a "blitz" botafoguense.

Se ainda não reencontrou o seu melhor futebol, o Santos suportou a pressão (tem a melhor defesa do Campeonato) e não cedeu gol nos fim da partida,como aconteceu muito durante a competição.A sequência de duas vitórias, a primeira fora de casa no segundo turno, ajudam a readquirir a confiança novamente e a luta por uma vaga na Libertadores é real. 

Uma pena os pontos perdidos principalmente para América, o lanterna e Figueirense, na Vila. Com esses seis pontos a luta pelo título seria possível, sem elas, com o máximo respeito aos mais otimistas, eu particularmente, ainda classifico como improvável, mesmo com a rodada favorável. Quero queimar a língua e estar redondamente enganado.

No próximo domingo (18), no estádio do Pacaembu,às 18h30, o Santos enfrenta o Santa Cruz. Copete, que cumpriu suspensão deverá ser a maior novidade.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 SANTOS
Estádio Luso-Brasileiro, Ilha do Governador;
Árbitro: Paulo H Schleich Vollkopf (MS)
Público/renda: 11.283 pagantes / R$185.240,00
Cartões amarelos: Bruno Silva, Rodrigo Pimpão (Botafogo); Jean Mota (Santos)
GOL: Zeca, 3'/1ºT (0-1)
Botafogo: Sidão, Emerson (Rodrigo Pimpão - 23'/2ºT), Renan Fonseca, Emerson Silva e Victor Luís; Bruno Silva e Dudu Cearense (Leandrinho - 39'/2ºT); Neilton, Camilo e Diogo Barbosa; Canales (Vinicius Tanque - 31'/2ºT) - Técnico: Jair Ventura.
Santos: Vanderlei, Victor Ferraz (Caju - 26'/2ºT), David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia e Renato; Jean Mota, Lucas Lima (Lucas Verissimo - 42'/2ºT) e Vitor Bueno (Yuri - 33'/2ºT); Ricardo Oliveira - Técnico: Dorival Júnior.

Jean Mota substituiu Copete. O colombiano cumpriu suspensão automática.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS:
Vanderlei: Fundamental defesa numa bola para trás de Gustavo que ainda bateu na trave. Vive ótimo momento. - 7,0
Victor Ferraz: Jogou no sacrifício. Bem na defesa. Pouco apoiou. Se sentiu mal e foi substituído. - 6,0
(Caju): Sofreu bastante com Neílton nas suas costas. - 5,5
David Braz: Ótimo senso de colocação. Mesmo sem ritmo de jogo, deu conta do recado. - 7,0
Gustavo Henrique: Ganhou tudo no alto, até a bola que ele mesmo cabeceou na trave. - 7,0
Zeca: O melhor lateral do país está se especializando em roubadas de bola e principalmente os tiros de longa distância. A exemplo do jogo passado, saiu da canhota para a direita. - 7,5
Thiago Maia: Um primeiro tempo bem abaixo de sua capacidade. Na etapa complementar foi o Thiago Maia que corre bastante e ladrão de bola.Tem tudo para ser o volante da Seleção na Copa de 2018, na Rússia.Já demonstrou isso. - 5,5
Renato: No primeiro tempo deu espaços e teve dificuldades na marcação, assim como Thiago Maia. Melhorou o posicionamento e cresceu com o time na etapa complementar. - 6,0
Jean Mota: Apareceu bastante do lado direito no bom começo do time. Depois caiu de produção. - 6,0
Lucas Lima: Fazia tempo que o Santos não ganhava com ele em campo no Campeonato Brasileiro. Nos triunfos diante de Atlético-MG e SCCP, o meia não atuou. Discreto. Joga muito mais do que apresentou. - 5,5
(Lucas Verissimo): Jogou apenas seis minutos com os acréscimos. - SEM NOTA
Vitor Bueno: O artilheiro do Peixe no Brasileiro não finalizou. Não teve espaços pelo lado esquerdo do ataque. - 5,5
(Yuri): Entrou para reforçar a marcação a frente da defesa. Errou apenas um passe. - 6,0
Ricardo Oliveira: A bola não chegou no pastor que também não teve chances de finalizar.Apenas uma após passe de Lucas Lima.- 5,5
Técnico: Dorival Júnior: Conseguiu arrumar o time no intervalo. O Santos que estava sendo muito agredido voltou melhor distribuído para o segundo tempo. Trancou o time muito cedo e chamou o Botafogo para jogar no seu campo. - 6,5


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by