FOTO CAPA

VITOR BUENO: "MINHA HORA VAI CHEGAR"

Publicado às 14h14 desta quinta-feira, 10 de março de 2016.
O meia Vitor Bueno, 21 anos, chegou ao Santos sem alarde. Primeiro, o jogador veio em meados de 2015 para defender o time B, formado em sua maioria por atletas do sub-23. 

Bastaram alguns treinos para que o futebol do atleta chamasse a atenção do técnico Dorival Junior que o promoveu rapidamente ao time de cima. 

O jogador é um dos cotados para substituir Lucas Lima suspenso na próxima rodada, sábado (12) diante do Água Santa no Pacaembu. Ele disputa com Rafael Longuine, a última vaga de titular, na partida da nona rodada do Paulistão.

Vitor foi o artilheiro do Botafogo-SP na Copa Paulista de 2014 com oito gols, e com isso renovou seu contrato até 2017 com o clube do interior.

Ele fez sua estreia como profissional no Santos em 16 de setembro do ano passado, diante do Atlético Mineiro, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, substituindo o artilheiro Ricardo Oliveira aos 38 minutos do 2º tempo. Apesar de pouco tempo em campo deu sua primeira assistência com o manto alvinegro ao deixar Marquinhos Gabriel, pronto para marcar o quarto gol do Peixe, aos 46 minutos do segundo tempo. 

No dia 6 de dezembro de 2015, no último jogo do ano contra o Atlético Paranaense, Vitor Bueno fez seu primeiro gol como profissional pelo time da Vila, o quarto do Santos na partida, e também deu uma assistência para Geuvânio marcar o quinto, na vitória por 5 a 1.

Emprestado pelo Botafogo-SP ao Santos até o fim de Maio, o meia seguirá na Vila Belmiro após esse período já que o clube praiano vai exercer a preferência de compra e Vitor vai assinar novo contrato com o Peixe. Os dirigentes alvinegros cederam o atacante Stéfano Yuri ao clube do interior e arcam integralmente com os vencimentos do centroavante campeão da Copa SP em 2014. Em troca, ficarão com uma fatia dos direitos econômicos de Vitor, ao final do vínculo que se encerra após o estadual.

Nesta semana, o camisa 18 bateu um papo com exclusividade com o Blog do ADEMIR QUINTINO, sobre a sua carreira, seus objetivos e seus sonhos. Até aqui, Vitor Bueno jogou nove vezes pelo Peixe (quatro no Campeonato Paulista de 2016) e tem um gol pelo alvinegro.

Blog do ADEMIR QUINTINO:  Com as saídas do Geuvânio e Marquinhos Gabriel, você acredita que pode conquistar a titularidade do Santos? Você tem idade para disputar os jogos Olímpicos. Ainda dá tempo de ser chamado para os Jogos no Rio de Janeiro, no meio deste ano?
Vitor estreou contra o Galo e deu assistência para um gol.
Vitor Bueno: "Acredito muito em poder me tornar titular, venho trabalhando com bastante foco para quando entrar, dar conta do recado e não sair mais do time. Quanto as Olimpíadas acho muito difícil, pois tem de estar jogando e se destacar bastante, porém, não é impossível. Preciso de uma sequência, as coisas vão acontecer naturalmente, sei do meu valor e tenho potencial para ser convocado."
BAQ: O que planeja a curto prazo para a sua carreira?
VB: "Primeiramente me firmar na equipe titular, consequentemente fazer gols e dar títulos e alegria a torcida santista."
BAQ: Tem algum jogador em especial que você se espelha? Quais e quem são seus ídolos?
VB: "Não me espelho em ninguém atualmente. Meu ídolo, apesar de jogarmos em posições diferentes é o Ronaldo Fenômeno.
BAQ: Como surgiu para o futebol. Conte um pouco do seu passado. 
VB:"Nasci em Monte Alto e comecei na base do Monte Azul.  Tive uma passagem, ainda na base no Bahia, onde fiquei quase dois anos e saí de lá para o Botafogo de Ribeirão Preto. Logo em seguida, me profissionalizei no interior paulista e comecei a aparecer de verdade. O Bota é um clube formador de talentos. Revelou tanta gente boa como Sócrates e Raí, por exemplo."
BAQ: Quais as características que mais aparecem no seu futebol? E os defeitos? Na sua auto-crítica, quais são?
VB: "Nunca faltará vontade e comprometimento. Deixo pra vocês da crônica e o torcedor analisar as minhas qualidades e os meus defeitos também. Falar de você mesmo é muito difícil"
BAQ: Pra finalizar, o técnico Dorival conversa contigo? Ele destaca seu crescimento e se vai te dar novas chances em breve?
VB: "Conversa sim, bastante. Fala da minha evolução, amadurecimento desde quando cheguei e que a minha hora vai chegar. "


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by