FOTO CAPA

COINCIDÊNCIA?

Publicado às 19h49 desta quinta-feira, 23 de dezembro de 2015. 
O Santos terminou o ano de 2015 com o título estadual, o vice-campeonato da Copa do Brasil e a modesta 7a. colocação do Campeonato Brasileiro. Eu classifico a temporada como média. Poderia ter sido pior? Sim, poderia. Mas também não é menos verdade, que por tudo que aconteceu no segundo semestre, com a recuperação da equipe, o Peixe teve condições de conquistar mais um título ou ainda garantir a vaga a Libertadores pelo nacional, abandonado estrategicamente de forma errada, há três rodadas do fim. 

A perda da Copa do Brasil e de uma vaga para a competição continental impediram que o Santos pudesse ser considerado, ao lado do SCCP, o melhor time do País no ano.


De 2002 para cá, o Santos conquistou 11 títulos. Foram seis estaduais - 2006, 2007, 2010, 2011, 2012 e 2015; dois Brasileiros - 2002 e 2004; uma Copa do Brasil - 2010; uma Recopa - 2012 e uma Libertadores -2011. 

Nesse período, o time da Vila perdeu as finais dos estaduais de 2009, 2013 e 2014 e também foi vice-campeão da Libertadores em 2003, vice brasileiro em 2007 (pontos corridos), além da derrota da Copa do Brasil este ano e o Mundial em 2011.

Nas derrotas em decisões - Robinho estava em campo na final da Libertadores, em 2003, assim como Neymar no Mundial de 2011 e as finais dos estaduais de 2009 e 2013. Porém, os números são irrefutáveis e das 11 conquistas, um dos dois supracitados estiveram presentes em nove voltas olímpica.

A possibilidade do retorno de Neymar  é uma utopia. Ele tem apenas 23 anos e vive o grande momento de sua carreira, onde está entre os finalistas da Bola de Ouro da FIFA, como um dos três maiores jogadores da temporada, vestindo a camisa do Barcelona. Além disso, o Santos busca ressarcimento dos valores da negociação com o clube catalão considerado pequenos pelo que representa o atleta.

Quanto a Robinho, prestes a completar 32 anos no próximo mês, tem seu contrato a se encerrar com o Guangzhou Evergrande e na semana retrasada, o Blog do ADEMIR QUINTINO conseguiu conversar alguns minutos com o jogador, mas a pedido do time chinês, clube que o atacante tem contrato até o fim deste ano, não deu grandes detalhes da sequência da carreira:
"Gostaria muito de dar essa entrevista mas os caras aqui (da China)  pediram para eu falar com a imprensa apenas após o Mundial." limitou-se a dizer o Rei das Pedaladas. 
No último domingo (20), terminou a competição de clubes e o Blog tentou conversar novamente com o camisa 56 do Guangzhou, mas o celular do jogador encontrava-se desligado. 

O presidente santista Modesto Roma Junior classificou que as chances de Robinho voltar pela quarta vez ao clube são pequenas , no momento:
"O Santos é a casa dele, e ele sabe disso. Acho muito difícil um acerto com o Robinho. Nada pode ser descartado, mas as dificuldades são muito grandes".
Pra finalizar, não creio que o Santos só conquiste campeonatos com Neymar ou Robinho em campo, longe disso. O alvinegro é muito maior do que qualquer jogador e assim que tem que ser. Outros camisas 7 e 11 irão surgir na Vila, mas também não é menos verdade, que com um deles vestindo o manto, tudo fica bem mais fácil.

Para 29 e volta dia 6

O Blog do ADEMIR QUINTINO vai parar de informar os torcedores do Santos por alguns poucos dias. No próximo dia 29, devo escrever o último post do ano e voltarei com as publicações no próximo dia 6 de janeiro, dia da reapresentação do elenco.



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by