FOTO CAPA

COM UM PÉ NA FINAL

Publicado às 07h59 desta quinta-feira, 22 de outubro de 2015.
O Peixe deu um passo gigantesco para ir a sua segunda decisão de Copa do Brasil. No primeiro jogo das semifinais diante do São Paulo, em pleno Morumbi, o time de Dorival Junior não tomou conhecimento e com direito a "olé" enfiou 3 a 1. O alvinegro só perde a classificação se for goleado na Vila, dia 28, por 3 a 0. Os gols do Santos foram de Gabriel, Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel.


Pouco antes de a bola rolar, caiu um dilúvio no estádio Cícero Pompeu de Toledo e 35 segundos após a bola rolar, faltou luz. Por aproximadamente 20 minutos, o jogo ficou paralisado. 

Após os refletores se reacenderem, o São Paulo conseguiu "amassar" o Santos em seu campo de defesa. Desde que Dorival Junior assumiu o Peixe, foi a primeira vez que vi o time acuado e sem saída de bola, entretanto, bastou um, apenas um ataque, para a doce rotina de vitórias em mata-mata diante do rival começar. 

Lucas Lima escapou pela direita do ataque. A defesa ingênua do tricolor foi com marcação dobrada em cima do coordenador de jogadas santista que contou com a sorte e conseguiu que a bola chegasse para Daniel Guedes. O ala encontrou Gabriel na grande área. O jovem que finaliza de uma forma que parece fácil fazer gol, tocou na saída de Rogério Ceni e abriu o placar aos 14 minutos. Sétimo gol do camisa 10 - artilheiro da Copa do Brasil com sete gols e maior artilheiro do Santos na história da competição com 14 gols.

Após o primeiro gol, o time da casa diminuiu o ímpeto, mas ainda assim, Pato flutuou nas costas de Daniel Guedes, matou no peito e fuzilou para o gol. Os times foram para o intervalo com a igualdade - 1 a 1.

Bastaram cinco minutos da etapa complementar para que aquele Santos que o seu torcedor esperava ver no começo do duelo - marcando pressão e arrasador - aparecesse. Após cobrança de escanteio, Renato desviou e Ricardo Oliveira desempatou. 

Três minutos depois, Lucas Lima acabou com a defesa são paulina pelo lado direito e Marquinhos Gabriel de cabeça fez a festa de 1.500 santistas no "salão de festas do Peixe" (O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que dos 2,7 mil ingressos destinados a torcida alvinegra - cerca de 1,2 mil foram devolvidos ao São Paulo) - 3 a 1.

Daí por diante, o tricolor ainda perdeu dois incríveis gols para diminuir, e o Peixe que se dá bem dentro da água, administrou o placar. Apesar da humildade do técnico Dorival Junior durante a coletiva, quando afirmou que o Santos ainda pode perder a vaga para a decisão, a classificação está mais do que encaminhada.
"Não temos direito de achar que as coisas estão definidas. Temos que ter o entendimento que, errando em uma noite, se prejudica o trabalho. Não pode relaxar. Não é esse o perfil desse grupo." disse o comandante técnico santista após a partida.
Neste sábado (24), o Peixe volta a campo, desta feita pelo Campeonato Brasileiro. O alvinegro enfrenta o Figueirense (SC) em Florianópolis. Dorival Junior deixou no ar no último domingo que pode poupar atletas para o jogo de volta,na proxima quarta-feira (28), diante do mesmo São Paulo, pela Copa do Brasil.

O Peixe do lateral Zeca, se deu bem na chuva.




FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 3 SANTOS
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Público e renda: 26.434 pagantes/ R$1.500.367,00
Cartões Amarelos: Luis Fabiano, Lucão, Centurión e Thiago Mendes (SAO)
GOLS: Gabriel, 14'/1ºT (0-1); Alexandre Pato, 25'/1ºT (1-1); Ricardo Oliveira, 1'/2ºT (1-2); Marquinhos Gabriel, 4'/2ºT (1-3)
SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Lucão, Luiz Eduardo (Centurión, 22'/2ºT) e Matheus Reis (Reinaldo, 37'/2ºT); Thiago Mendes, Rodrigo Caio e Paulo Henrique Ganso; Michel Bastos (Alan Kardec, 8'/2ºT), Alexandre Pato e Luis Fabiano. Técnico: Doriva
SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Werley, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato, Marquinhos Gabriel (Neto Berola, 39'/2ºT) e Lucas Lima; Gabriel (Paulo Ricardo, 28'/2ºT) e Ricardo Oliveira (Gustavo Henrique, 43'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior


NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Vanderlei: Sem culpa no gol sofrido. Não foi exigido. Espalmou duas bolas em razão das fortes chuvas. - 6,0
Daniel Guedes: Ótima assistência no gol de Gabriel. Falhou na marcação de Pato no gol são paulino. Se conseguir corrigir a marcação, será um grande lateral, pois seu cruzamento é ótimo. - 7,0
Werley: Não comprometeu. - 6,0
David Braz: Cresce demais em jogos decisivos. Um "Leão" tanto no alto, como embaixo. - 7,0
Zeca: Não apoiou, mas preciso na marcação. Deu um drible debaixo das pernas do argentino Centurion, lindo. - 7,0
Thiago Maia: No primeiro tempo não achou PH Ganso. Melhorou o posicionamento, a marcação e o passe na segunda etapa. - 6,5 
Renato: O volante que joga de terno deu show de colocação em campo. Que inteligência ao dar a assistência a Ricardo de Oliveira no segundo gol. Outro cabeça de bagre chutaria ao gol, o "elegante" tocou de cabeça para o centroavante. - 7,0
Marquinhos Gabriel: Conduziu o time ao ataque pelo lado esquerdo. Prendeu a bola, puxou contra-ataque e ainda marcou de cabeça. - 7,5
(Neto Berola):  Quase marcou o quarto gol a mandar a bola na trave. - 6,5
Lucas Lima: A defesa do São Paulo, principalmente Luíz Eduardo não sabia se marcava-o, se pedia a camisa do santista ou pegava um autógrafo. Mais uma ótima atuação do melhor meio-campista do país. Maravilhosa assistência para Marquinhos Gabriel "matar" o jogo. - 8,0
Gabriel: Finaliza com uma facilidade de dar inveja. Além do gol, puxou diversos contra-ataques pela direita. Sabe usar a explosão e a força. - 7,5
(Paulo Ricardo): Cumpriu o papel de aumentar a estatura da defesa e aumentar a marcação. - 6,0
Ricardo Oliveira: Melhor temporada do veterano da seleção brasileira. Marcou seu 33o. gol. Antes, a melhor temporada tinha sido em 2005 com 32 gols. Tem o "perfume" do gol. - 7,5
(Gustavo Henrique): Jogou apenas cinco minutos, com os acréscimos. - SEM NOTA
Técnico Dorival Junior: Arrumou o time no intervalo. O Peixe voltou marcando pressão e em cinco minutos, matou o jogo. Recuou demais a equipe no fim de jogo, mas por tudo que mudou de julho pra cá. Nasceu para treinar o Santos.- DEZ





ESTREIA

Nesta segunda-feira, dia 26, o Blog do ADEMIR QUINTINO estréia o programa de rádio pela web - "BLOG AO VIVO" em parceria com  a Rádio Virtual.

O programa semanal com duração de uma hora, das 19h00 às 20h00 é mais um canal para o torcedor santista saber de seu clube do coração, com a participação dos personagens alvinegro. 

No programa de estréia o convidado é o técnico Dorival Junior. Para ouvir, basta acessar o nosso site ou baixar o aplicativo que estará disponível no Google Play ainda esta semana.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by