FOTO CAPA

PRÓXIMO

Publicado às 09h23 desta quinta-feira, 17 de setembro de 2015.
O Santos goleou o Atlético-MG na noite desta quarta-feira (16), no estádio de Vila Belmiro. Em noite inspirada de Lucas Lima e Gabriel, o Peixe atropelou o Galo por 4 a 0 e volta a busca ao G-4. A diferença caiu para apenas um ponto, porém, São Paulo e Flamengo jogam na noite desta quinta-feira e podem aumentar a vantagem. 

Foi um show do time de Dorival que não deu chocolate em nenhuma galinha morta e sim no vice-líder da competição. 

Os visitantes tocavam bem a bola e o alvinegro da Vila tinha dificuldades de penetrar na primeira meia hora de partida. Nos 30 minutos iniciais, o Santos tinha chegado apenas uma vez em ótima assistência de Zeca para Lucas Lima que Gabriel isolou. Entretanto, o camisa 10 arrancou aos 37 minutos para abrir o marcador. O zagueiro Jemerson procura o santista até agora. Ficou na saudade na arrancada do jovem de 19 anos - 1 a 0.

No segundo tempo, a cartada final. Levir Culpi foi pretensioso e postou seu time pra jogar no campo do Peixe. Era tudo que os "meninos da Vila" queriam para matar o jogo no contra-ataque. 

Lucas Lima, o melhor meia em atividade do futebol do brasil, não é apenas a opinião do "repórter regional", como disse há alguns meses o "âncora" de uma emissora de TV a cabo, que não assiste a uma partida que não seja dos estúdios, é a "voz do povo" , deu um passe milimetricamente perfeito para Gabriel ampliar - 2 a 0.

Tinha mais. Bela troca de passes, nova assistência do "maestro" Lucas Lima e Ricardo Oliveira, o artilheiro do Brasileirão, fuzilou e não passou em branco, como de costume - 3 a 0. E por fim, o estreante Vitor Bueno deu passe para Marquinhos Gabriel, após receber de Leandro e o camisa 31 fechou a tampa do caixão - 4 a 0.

Uma vitória maiúscula que dá moral para o clássico de domingo, às 11 horas da manhã, em Itaquera, diante do SCCP. O G-4 é difícil, mas não é impossível. O Santos enfrentou o rival do fim de semana quatro vezes este ano. Não perdeu nenhuma. Ganhou três e empatou uma.

A nota triste, o pequeno público. Como já tinha informado o Blog do ADEMIR QUINTINO, na véspera, apenas 3.142 ingressos haviam sido comercializados e a expectativa era de apenas 6 mil expectadores. E ela, infelizmente, se confirmou. Tivemos 6.179 pagantes.

Perguntei ao treinador Dorival na entrevista coletiva se ele pode poupar algum jogador diante do SCCP para pensar no duelo das quartas de final da Copa do Brasil, diante do Figueirense (SC), na próxima quarta-feira (23), em Florianópolis.
"Na verdade, nós treinadores e já conversei com outros colegas também, não sabemos o que fazer nessa situação. Se poupamos e o quanto podemos poupar em uma campeonato dessa competitividade" avaliou.
Lucas Lima, o senhor da partida, foi convocado para a Seleção nos jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo.
FICHA TÉCNICA
SANTOS 4 x 0 ATLÉTICO-MG
Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA/SC)
Renda/público: R$ 235.610,00 / 6.179 pagantes
Cartões amarelos: David Braz (Santos); Giovanni Augusto (Atlético-MG)
Gols: Gabriel, 37'/1ºT (1-0); Gabriel, 9'/2ºT (2-0); Ricardo Oliveira, 25'/2ºT (3-0); Marquinhos Gabriel, 46'/2ºT (4-0)
SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima (Leandro - 42'/2ºT); Marquinhos Gabriel, Gabriel (Marquinhos - 28/2ºT) e Ricardo Oliveira (Vitor Bueno - 38'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.
ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Dátolo, Luan (Cárdenas - 30'/2ºT) e Giovanni Augusto (Dodô - 30'/2ºT); Carlos (Thiago Ribeiro - 15'/2ºT) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.


NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS 
Vanderlei: Uma bela defesa no segundo tempo. - 7,0
Victor Ferraz: Jogador extremamente regular. Não tem a técnica que tinha Carlos Alberto Torres, mas fez enorme falta em Campinas. - 7,0
David Braz: Bem nas antecipações. - 7,0
Gustavo Henrique: O arroz com feijão bem temperado. Seguro. - 6,5
Zeca: Errou um passe apenas, o jogo todo. Fez maravilhoso campeonato. E ia ser emprestado de graça ao futebol norte-americano. Só ficou porque Dorival o bancou. - 7,0 
Thiago Maia: Volante que pega e sai pro jogo. Outro que fez muita falta no domingo passado. - 6,5
Renato: O homem do primeiro passe com qualidade. Não brilhou tanto como nas outras rodadas. Também, não precisou. - 6,5
Lucas Lima: O melhor do time. Deu duas ótimas assistências no segundo e terceiro gol. Vive um maravilhoso momento. Melhor meia em atualidade no país. Convocado por Dunga nesta quinta-feira, para servir o Brasil nas eliminatórias diante de Chile e Venezuela dias 8 e 13/10 - 8,0
(Leandro): Entrou bem. Participou do último gol do jogo. Aos poucos, recupera sua melhor forma física. Só creio que não em tempo hábil de servir o Santos. O empréstimo dele termina no fim da temporada. - 6,5  
Marquinhos Gabriel: Não estava bem no jogo. Melhorou no segundo tempo e teve classe e categoria para se livrar dos zagueiros no último gol da partida. - 7,0
Gabriel: Dois belos gols. Participativo. - 7,5
(Marquinhos): Muita vontade e só. - 6,0
Ricardo Oliveira: Sempre bem posicionado. Marca gols em todas as rodadas. - 7,0
(Vitor Bueno): Boa estréia. Deu a assistência para o gol de Marquinhos Gabriel. - 6,5
Técnico: Dorival Júnior: O grande responsável pela recuperação do Santos. O que criticar em um treinador que sem reforços ganha 10 jogos seguidos em casa (oito pelo brasileiro)?- 7,5






 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by