FOTO CAPA

MISTÃO DÁ CONTA DO RECADO

Publicado às 05h28 deste domingo, 15 de março de 2015.
Mesmo com sete reservas, o Peixe venceu o pior time do estadual. O Santos goleou o Marília por 4 a 1, no Estádio Bento de Abreu, no interior de São Paulo, com dois gols de Thiago Ribeiro, um de Gabriel e outro de Marquinhos Gabriel. O resultado mantém o alvinegro na liderança geral do Campeonato Paulista agora com 26 pontos.

Assim que a delegação santista chegou ao estádio, veio a informação que Robinho não ficaria no banco. O "pedalada" revelou ao microfone da Rádio Capital - 1.040 AM que havia levado um pisão no pé do meia Zé Roberto no clássico contra o Palmeiras e os médicos entenderam que seria bom preservá-lo, mesmo do banco, para o duelo contra o Londrina (PR) na próxima terça-feira (17), às 19h30, em partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil. O técnico Marcelo Fernandes confirmou o que disse o Rei do drible. Além de Robinho; Werley, Victor Ferraz, Renato, Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Geuvânio não começaram a partida contra o MAC.

O Peixe começou a partida com dificuldades na armação, mas os constantes passes errados do time da casa, facilitaram para a construção de um placar dilatado. No primeiro gol, Cicinho foi a linha de fundo e cruzou no primeiro pau. O zagueiro e o goleiro do Marília falharam e Thiago Ribeiro marcou seu primeiro gol na temporada.

No segundo gol, aos 18 minutos da etapa complementar, saida errada da retaguarda do mandante e Gabriel se aproveitou para dar assistência para o gol de Marquinhos Gabriel. Em seguida, os maquianos diminuíram com Bruno Farias.

Ainda tinha tempo para mais dois gols santistas. Contra-golpe do Peixe e nova assistência de Gabriel para mais um gol de Thiago Ribeiro. E no fim da partida, Lucas Lima que tinha acabado de entrar, jogou em casa, sob os olhares de sua família, dar maravilhosa assistência para a conclusão do até então "garçom" Gabriel fechar a fatura - 4 a 1.

Foi bom para movimentar algumas peças do elenco que pouco estavam tendo oportunidades, como o lateral ambidestro Zeca que provou que pode ser bastante útil durante a temporada.

Robinho mesmo fora bateu um papo no microfone da Capital 1040 AM antes da bola rolar.



A delegação santista deixou Marília e não voltou para a baixada. O time viajou de ônibus para Londrina, onde fica até terça-feira. Pelo paulistão, o alvinegro volta a campo no próximo sábado (21), às 16h00, no estádio do Pacaembu contra o Audax. Para esta partida, o time do efetivado Marcelo Fernandes não contará com Valência que recebeu o terceiro cartão amarelo e vai ter de cumprir suspensão.


FICHA TÉCNICA
MARÍLIA 1 X 4 SANTOS
Bento de Abreu, em Marília (SP)
Árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP)
Renda/Público: Não disponíveis
Cartões Amarelos: Gilberto Souza (MAC); Valencia (SAN)
GOLS: Thiago Ribeiro, 31'/1ºT (0-1), Marquinhos Gabriel, 18'/2ºT (0-2); Bruno Farias, 20'/2ºT (1-2), Thiago Ribeiro, 30'/2ºT (1-3) e Gabriel (36'/2ºT)
MARÍLIA: Rodrigo Calchi; Gil, Thiago Gomes, Braga e Deca; Juninho Ortega (Gadelha, 8'/2ºT), Gilberto Santos (Gilberto Souza, intervalo), Boquita e Bruno Farias; Evandro (Tiago Elias, 21'/2ºT) e Leandro Costa. Técnico: Bruno Quadros.
SANTOS: Vanderlei; Cicinho (Victor Ferraz, 34'/1ºT), Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Valencia (Renato, 34'/2ºT), Lucas Otávio, Elano (Lucas Lima, 25'/2ºT) e Marquinhos Gabriel; Thiago Ribeiro e Gabriel. Técnico: Marcelo Fernandes.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Vanderlei: Apesar de estar atrás do gol do lado oposto, fiquei com a impressão que o ótimo goleiro santista se posicionou mal no gol do time da casa. - 5,5
Cicinho: Fez boa jogada no primeiro gol da partida. Sentiu um desconforto muscular e como começou a temporada justamente com problemas na mesma coxa pediu para sair. - 6,5
(Victor Ferraz): Se preocupou em guardar a posição e não apoiou. - 6,0
Gustavo Henrique: Pouco trabalho, mas as poucas vezes que foi chamado pro combate deu conta do recado. - 6,0
David Braz: A exemplo de seu companheiro, pouco trabalhou nestes 90 minutos. - 6,0
Zeca: Foi ao ataque principalmente na primeira etapa e fez boas tabelas com Thiago Ribeiro pelo lado esquerdo. - 6,5
Valencia: Tem qualidade no passe e boa antecipação, porém, ainda está fora de forma. Levou o terceiro amarelo. - 6,0
(Renato): Entrou em campo com o jogo definido. - SEM NOTA
Lucas Otávio: Bem na marcação, pecou em alguns passes errados no primeiro tempo. Dos seus pés começou o lance do segundo gol. - 6,5
Elano: Deu a experiência necessária aos jovens do meio para a frente, porém não conseguiu armar o time. - 5,0
(Lucas Lima): Apesar de ter jogado pouco, a assistência para o último gol da partida foi fantástica. Um dos últimos coordenadores de jogadas com qualidade atualmente no futebol brasileiro. - 7,0
Marquinhos Gabriel: Com exceção do segundo gol do jogo marcado pelo camisa 31, após assistência de Gabriel, teve pouca participação na partida. - 5,5
Thiago Ribeiro: Marcou seus primeiros dois gols na temporada. Fez boas tabelas com o ala Zeca pelo lado esquerdo. - 7,5
Gabriel: Duas ótimas assistências e um gol. Parece ter recuperado a forma física, já que não realizou a pré-temporada com os demais do elenco por estar com a Seleção Brasileira sub-21. - 7,5.
Técnico: Marcelo Fernandes: Tem o respaldo do grupo com o melhor ambiente possível. Apesar do óbvio nas alterações, o fato de não inventar já é uma qualidade. - 6,5


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by