FOTO CAPA

VALE A PENA A TROCA POR WALTER?

Publicado às 23h07 desta sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015.
O técnico Enderson Moreira disse em alto e bom som na entrevista coletiva desta sexta-feira (27), no CT Rei Pelé, que gostaria de ver o centroavante Walter com quem trabalhou pela última vez no Goiás, em 2013, vestindo a camisa do Santos. Nem mesmo o fato do atleta jamais conseguir entrar em forma é um empecílio.
"Temos no Brasil vários jogadores com percentual de gordura abaixo de 10%, mas será que têm o mesmo desempenho do que o de um jogador com um peso um pouco acima? Futebol é democrático. Se ele vier e jogar, vocês vão bater palma e chamá-lo de melhor do mundodisparou o comandante técnico. Mas eu pergunto, vale a pena esta troca entre Thiago Ribeiro e Walter que Santos e Fluminense namoram e querem que vire um matrimônio pro campeonato brasileiro? Desta vez, foram os cariocas que propuseram o negócio.
Vamos aos fatos. O Santos quer se livrar de Thiago Ribeiro em razão dos salários do jogador que giram próximos dos R$ 300 mil. A política na Vila é de que só Robinho pode receber mais de R$ 200 mil.

Walter recebe praticamente o mesmo que Thiago, até um pouco a mais mensalmente no tricolor carioca. A empresa de saúde que patrocinava o time do Rio de Janeiro recentemente divulgou na antiga capital do país que se propunha a pagar uma fatia do salário do jogador para quem o contratasse. Mas insisto na pergunta e faço outras duas. Esta posição é a prioridade pro clube da baixada? A contratação dele é uma unamidade? Não seria mais interessante uma troca por exemplo com o volante Jean, revelado no São Paulo e que já até defendeu a Seleção Brasileira, pelo fato do clube hoje ter poucas opções para a cabeça de área? E o salário de meia-marcador é bem menor do que de atacante.

A verdade é que quem sonha com o futebol de Walter é o técnico Enderson Moreira. O jogador revelado pelo Internacional-RS está emprestado pelo Porto - POR até dezembro de 2015 ao time do Rio de Janeiro. Em 2014, o preparador físico do time das Laranjeiras, Rodrigo Poletto, reconheceu o excesso de peso do camisa 18 do clube guanabara, e sem entrar em detalhes, disse que ele "foge do padrão". É esse o reforço que vai resolver os problemas do ataque do Santos?
 "Walter é um atleta que necessita sempre de trabalhos complementares. Programação que ele faz de forma integral, treinando, porque necessita sempre disso. Jogou no Goiás (em 2013) com mais peso do que tem hoje, mas, a nosso entender, necessitamos sempre de atletas em nível altíssimo. É o que buscamos com ele. Fazemos tudo que podemos. Fisiologia, nutrição, ele tem vindo, estamos fazendo tudo o que podemos" – disse Poletto, que vê um lado positivo no atacante. – No futebol brasileiro, não tem nenhum atleta como ele. "Foge do padrão. Mas ele consegue jogar de tão diferenciado que é." afirmou o responsável pela preparação do Fluminense no segundo semestre do ano passado.
Não discuto a qualidade técnica do jogador, que realmente é melhor do que a de Thiago Ribeiro, desde que ele esteja em forma, algo que nos últimos anos jamais conseguiu. E o que fazer com os outros seis atacantes que foram inscritos no estadual - Além de Thiago Ribeiro, Robinho, Geuvânio, Ricardo Oliveira, Lucas Crispim e principalmente Gabriel.

O jovem dono da camisa 10 foi o artilheiro do Peixe na temporada passada com 21 gols em 56 partidas, justamente como "falso" 9. Como ele será aproveitado no time após a contratação do jogador da confiança de Enderson Moreira?

Como costuma pregar a atual administração do clube, o futebol é feito de planejamento. Trocar seis por meia-dúzia vai resolver o problema? Além disso, as informações que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou de Walter é de que é ótima pessoa, não é ruim de grupo, mas de pavio curto. Semana passada, Walter discutiu e tentou dar uma voadora no goleiro reserva Kléver, mesmo após as tentativas de companheiros em segurá-lo. 

Como não sou de ficar em cima do muro, revelo que penso da seguinte forma. Que a "moeda" Thiago Ribeiro seja utilizada para posições em que o clube carece de melhores reposições. Walter técnicamente é ótimo, mas fisicamente péssimo e por isso é uma aposta. Com o time em reconstrução, uma troca mais segura de que dará certo me parece mais lógica. 

Que as direções devem sempre tentar atender os seus respectivos treinadores, em seus clubes, é fato, mas não dá pra atender em tudo. Os comandantes passam, o patrimônio e o prejuízo, quando as apostas não dão certo, ficam. 

Enderson dos sete reforços que o clube contratou até o momento, pediu cinco. 

E pra não dizer que não falei das flores, a contratação de Walter não é uma unanimidade no clube. Boa parte do conselho deliberativo não vê com bons olhos que Walter desembarque na Vila Belmiro até o fim de 2015.


Pepe

O eterno ídolo Pepe está fazendo a pré-venda de sua biografia. Você pode garantir até o seu nome entre os agradecimentos do livro. Saiba mais: www.kickante.com.br/pepe 

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by