FOTO CAPA

PAULISTÃO 2015

Publicado às 16h26 desta quinta-feira, 29 de janeiro de 2015.
(*) Por: Felipe Takashi

Depois de longo e caloroso verão, a bola vai voltar a rolar nos gramados brasileiros. No próximo fim de semana, enfim, começa o Campeonato Paulista 2015. São vinte clubes, divididos em quatro chaves, todos se enfrentam, exceção feita aos times do mesmo grupo. Os dois melhores de cada chave avançam para os playoffs.


O Santos está no grupo quatro, com Penapolense, Bragantino, Capivariano e XV de Piracicaba. O Peixe acumula dois vice-campeonatos, antes, havia faturado três títulos consecutivos. Ao todo, desde 2006, o Alvinegro só ficou fora da disputa pelo título em 2008. No mais, ou foi campeão, ou foi vice.

Apesar do bom retrospecto recente, hoje, a imprensa dá o Santos como carta fora do baralho. Fora da briga pelo título Paulista e sério candidato ao rebaixamento no Brasileirão.

Os profetas do apocalipse tem razão?

No meu ponto de vista, NÃO. Compartilho da mesma opinião do amigo Ademir Quintino, que escreveu nesta semana sobre um horizonte mais otimista para o torcedor santista.

O ponto forte do Santos é o ataque. Fortíssimo. O quarteto Lucas Lima, Geuvânio, Robinho e Gabriel deu liga no final do ano passado, e em 2015, tem tudo para deslanchar. Ricardo Oliveira chegou confiante e bem fisicamente, será outra importante peça ao decorrer da temporada.

Com os rivais SCCP e São Paulo estão na disputa da Copa Libertadores e o Palmeiras está em reconstrução, o Santos se apresenta como forte candidato ao vigésimo primeiro título do Paulistão.


O Palmeiras está no grupo três, com Botafogo, Linense, Marília e Portuguesa. Exceção feita a 2008, ano em que foi campeão, o Alviverde acumula seguidos insucessos na disputa do torneio. De lá pra cá, nenhuma vez chegou a decisão.

Mas, o torcedor palmeirense começou o ano animado. São dezessete contratações, praticamente um time novo e a esperança de voltar a sorrir com o clube de Palestra Itália.

A principal aquisição foi o atacante Dudu, ex-Grêmio. O jogador era alvo de outros rivais da capital. Zé Roberto e, quase certamente, Arouca, são novas caras que aumentam a esperança de um 2015, enfim, vitorioso.

O técnico Oswaldo de Oliveira terá de mostrar algo que foi incapaz de fazer no Santos, trabalhar com elenco e criar variações táticas. Peças e tempo para trabalhar o time ele tem, resta saber se não vai cometer o mesmo erro.


O SCCP está no grupo dois, com Audax, Ponte Preta, Rio Claro e São Bento. O time do estádio com isenção fiscal, nos últimos anos, chegou a decisão três vezes, todas contra o Santos. Em 2009 e 2013, venceu, já em 2011, foi derrotado.

O principal reforço está no banco de reservas, é o retorno do bom técnico Tite. Além dele, Edu Dracena tenta ser o parceiro ideal para Gil na defesa corintiana. Enquanto Cristian e Emerson Sheik retornam ao clube para serem titulares também. O primeiro, no lugar do decadente Ralf, o segundo, para fazer dupla de ataque com Guerrero que ainda não renovou seu contrato.

Isto posto, a tendência é o time manter-se sólido, equilibrado e competitivo, mesmo com futebol pouco vistoso. É dificil imaginar o rival de Parque São Jorge de outra forma para 2015.


O São Paulo está no grupo um, com o atual campeão Ituano, Mogi Mirim, Red Bull Brasil e São Bernardo. O tricolor do Morumbi segue um calvário na competição. Desde 2007, o São Paulo é eliminado na fase semifinal do Paulistão, exceção feita ao ano passado, quando foi ainda pior, caiu nas quartas de final para a Penapolense.

O time de Muricy Ramalho, atual vicecampeão brasileiro, tem o melhor elenco do estado. Mesmo com a saída do bom Kaka. Michel Bastos e o novo contratado Wesley, podem suprir a ausência do melhor jogador do mundo em 2007.

Alan Kardec, Pato e Luis Fabiano brigam por duas vagas no ataque, enquanto o ex-presidiário Breno, aos poucos, deve assumir o lugar de Edson Silva na defesa tricolor. Além disso, Bruno e Carlinhos vieram do Fluminense e assumem a titularidade nas laterais.

Time pronto e com potencial para disputar todos os títulos na temporada derradeira de Rogério Ceni.

Demais clubes:
Fabiano Eller é o capitão do Red Bull Brasil
Red Bull Brasil: A empresa que investe em vários esportes ao redor do mundo, chegou ao campeonato paulista. E melhor, chegou capitaneada por um ex-santista, o grande Fabiano Eller (foto acima).

Mogi Mirim: Procura-se comprador. É a placa que o atual mandatário Rivaldo colocou em frente a sede do clube. Instabilidade administrativa que deve prejudicar ao decorrer do torneio.

Ituano: Só de lembrar, o torcedor santista tem arrepios. Acumula mais títulos da competição no Século XXI que o Palmeiras. O time de Itu faturou no ano passado e em 2002.

São Bernardo: O time realizou pré-temporada no Paraguai.O argentino Cañete é o grande reforço para a disputa da competição. 

Audax: O clube de Osasco é o autor da primeira bizarrice do bizarro Paulistão, inverteu o mando com o Palmeiras, por causa de renda. Com isso, o Alviverde jogará quatro vezes seguidas em casa. 

Ponte Preta: De volta a elite no Brasileirão e também na expectativa de construir uma nova arena na cidade de Campinas, a Macaca nunca venceu o Paulistão, mas já bateu na trave várias vezes. Será que agora vai?

Rio Claro: O atacante Rodolfo, volta ao clube após uma passagem pelo Palmeiras, onde não ganhou muitas oportunidades e foi liberado pelo Oswaldo de Oliveira.

São Bento: O centroavante Nilson, que disputou a última Série B do Campeonato Brasileiro pelo Icasa-CE e já atuou pelo Vasco é a esperança de gols.

Botafogo: Vice-campeão na Taça São Paulo de Futebol Júnior, o clube que revelou Sócrates e Raí tem outra oportunidade de apresentar grandes nomes para o futebol brasileiro.

Linense: O clube concentrou-se em Sorocaba, mesmo local em que a Argélia se preparou para a disputa da Copa do Mundo realizada ano passado.

Marília: Wagner Diniz, lateral direito, ex-Santos e Vasco, lembra dele? É uma das apostas do clube celeste para a disputa da competição.

Portuguesa: O bem localizado e tradicionalíssimo estádio do Canindé está interditado. Na estréia, contra o São Bento, a Lusa jogará para algumas testemunhas em Bragança Paulista. 

Bragantino: Por falar em Bragança, o Bragantino anunciou o goleiro Lauro para a disputa do Paulistão. Ele já teve passagens por Ponte Preta e Internacional.

Capivariano: O volante Amaral, 41 anos, aquele mesmo, absolutamente desprovido de beleza, é a grande atração do clube de Capivari. Será que aguenta?

Penapolense: O clube de Penápolis estréia contra o São Paulo, em casa, no próximo domingo. As duas últimas edições os clubes se enfrentaram nas quartas de finais, uma vitória para cada lado. Será que o Penapolense vai aprontar de novo em 2015?

XV de Piracicaba: O goleiro Diogo Silva, com direitos federativos ligados ao Vasco, foi emprestado para o clube de Piracicaba para a disputa do Campeonato Paulista.



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by