FOTO CAPA

EDU DRACENA ASSINA RESCISÃO "AMIGÁVEL"

Publicado às 16h37 desta quinta-feira, 15 de janeiro de 2015.
O zagueiro e capitão do título mais importante do clube nos últimos 50 anos, a Libertadores de 2011 - Edu Dracena assinou a rescisão de contrato com o Santos nesta quinta-feira (15) e não integra mais o elenco de profissionais de Vila Belmiro. 

Com incompatibilidade com o novo "trainee" a gerente Léo e o clube querendo enxugar a folha de pagamento, o segundo defensor que mais gols fez com a camisa do Santos em sua história, deixa o clube em acordo "amigável". O Blog do ADEMIR QUINTINO havia publicado poucas horas antes que até a sexta-feira (16), o jogador anunciaria a sua saída do Santos.
"Deixo o Santos com a cabeça erguida de ter feito o meu melhor, dentro e fora de campo. Foi a decisão mais difícil que já tomei por toda a identidade que tenho com o Clube e a cidade. Muito obrigado a todos pelo apoio de sempre. Guardo o Santos e os santistas sempre em um lugar especial no meu coração" afirmou. 
Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou, o jogador não pretendia sair do Santos, onde pensou antes da atual administração assumir, em até encerrar a sua carreira daqui há alguns anos, com a camisa do Peixe. Mas ao se reapresentar após as férias na última quinta-feira (8), se sentiu sem respaldo, já que a nova direção do clube jamais veio a público rebater as informações de quando as manchetes dos principais sites e jornais anunciavam a "fritura" que o jogador sofria com o retorno do desafeto Léo, desta vez na parte diretiva. 

O defensor revelado pelo Guarani e com passagens pelo Cruzeiro e Fenerbahce (TUR) tinha propostas de grandes clubes do país como Flamengo e SCCP. Apesar de seu "staff" não confirmar, seu destino deverá ser mesmo o rival de Parque São Jorge.
"Foi uma decisão tomada em comum acordo com a nova diretoria do Clube. Tivemos uma conversa muito franca e os dois lados entenderam que era hora da despedida" disse o dono da camisa 2 nos últimos cinco anos.
O zagueiro afirma que jamais passou pela sua cabeça acionar o clube judicialmente em razão da crise financeira e por consequência, os atrasos de salários. Demonstrou dignidade e respeito ao Peixe ao relembrar das dificuldades que atravessou quando teve que ficar fora dos gramados ao passar por intervenções cirúrgicas no joelho.
"Em nenhum momento pensei em entrar na Justiça contra o Santos. O Clube sempre foi muito correto comigo nos momentos bons, como as diversas conquistas que tivemos, e nos momentos ruins, como nas cirurgias que precisei fazer. A instituição e a torcida não mereceriam uma atitude dessas da minha parte. Entendo que minha saída teria que ser pela porta da frente". " disse o ex-capitão do alvinegro de Vila Belmiro.
Edu Dracena chegou ao Santos em 2009. Foi capitão do time profissional nos últimos 5 anos. Realizou 230 partidas pelo Alvinegro, marcando 17 gols. Foram 6 títulos pelo Peixe: TriCampeão Paulista (2010/2011/2012), Copa do Brasil (2010), Copa Libertadores da América (2011) e Recopa Sulamericana (2012).  



Valência vem aí

Sem Arouca em litígio judicial com o clube, e Alison que tem proposta do Internacional de Porto Alegre, o Santos está em vias de anunciar o volante Valencia para ser o quarto jogador contratado para o Paulista de 2015. 

O meio-campo de 29 anos que defendeu o Fluminense, o ano passado, já acertou até salários com os novos dirigentes santistas. O contrato dele com o clube das Laranjeiras se encerrou no final do ano passado. 

Vivendo uma crise financeira sem precedentes, o Peixe tem ido ao mercado em busca de reforços que custem apenas os salários ao clube, como no caso do colombiano  revelado pelo América de Cali, que se junta a Chiquinho, Ricardo Oliveira e Elano como os novos "reforços" para a temporada.

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by