FOTO CAPA

SINÔNIMO DE GOLEADA

Postado às 22h40 deste domingo, 9 de março de 2014. 
Ir aos jogos do Santos tem se tornado uma doce rotina de assistir goleadas. E neste domingo (9), não foi diferente. Sem fazer muita força e com um novo menino da Vila Belmiro debutando ao marcar o seu primeiro gol como profissional, o já classificado para as quartas de finais do Campeonato Paulista, goleou o Oeste de Itápolis, no Estádio da Vila Belmiro, por 4 a 1, e confirmou, também, a primeira colocação com duas rodadas de antecipação do Grupo C. A equipe de Oswaldo de Oliveira chegou aos 32 pontos e não pode mais ser alcançada pela Ponte Preta, que ocupa a segunda posição da chave, com 24 pontos. Os gols do alvinegro foram marcados por Thiago Ribeiro (2), Damião e o jovem Diego Cardoso.


Apesar dos desfalques, senti um Santos sem largar o freio no primeiro tempo. O time alvinegro que tem a velocidade como uma das grandes qualidades, pouco foi visto.

A décima vitória santista em treze rodadas, se consolidou no segundo tempo, onde o futebol agressivo e jogadas em profundidade puderam ser vistas novamente.

Ainda deu tempo para o técnico Oswaldo de Oliveira dar oportunidade aos jovens Diego Cardoso, Serginho e Zé Carlos. As mudanças mantiveram o padrão ofensivo do time que conquistaram a quinta goleada na competição com total naturalidade.

O alvinegro volta a campo apenas no final de semana seguinte. O Peixe que luta pra terminar a fase de classificação no primeiro lugar enfrenta o Rio Claro. Neto e Thiago Ribeiro, suspensos são desfalques. Em compensação, Aranha, Geuvânio e Rildo que cumpriram suspensão neste fim de semana, retornam a equipe. Perguntei ao treinador durante a coletiva se ele pensava em poupar algum jogador e o comandante técnico foi taxativo - "Não"


FICHA TÉCNICA
SANTOS 4 X 1 OESTE
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/Hora: 9 de março de 2014, às 18h30
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra
Cartões amarelos: Vladimir (Santos), Eric (Oeste), Gabriel (Santos), Mauro Vianna (Oeste), Thiago Ribeiro (Santos)
Público e Renda: - 6.338 pagantes / R$179.623,00
GOLS: Leandro Damião, 21/1ºT (1-0), Thiago Ribeiro, 14/2ºT (2-0), Thiago Ribeiro 30/2ºT (3-0), Diogo Cardoso, 37/2ºT (4-0), Eric, 46/2ºT (4-1). 
SANTOS: Vladimir, Bruno Peres, Neto, Jubal e Emerson (Zé Carlos); Arouca, Cicero e Lucas Lima (Serginho); Gabriel (Diego Cardoso), Thiago Ribeiro e Leandro Damião. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
OESTE: Paes, Eric, Mauro Viana, Liggier, e Thiago Timbó; João Denoni, Arthur, Denis e Jefferson Paulista; Lelê e Waguininho. Técnico: Sérgio Guedes.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS: 
Vladimir: Duas belas defesas no inicio da partida - 7,0
Bruno Peres: Não vai tanto ao ataque como Cicinho, mas compensou com bons chutes da intermediária. Foi dele a assistência do segundo gol - 7,5
Neto: Defesa do Santos teve um jogo tranquilo - 6,0
Jubal: Bem no jogo aéreo - 6,5
Emerson: Bela assistência no primeiro gol da partida feito por Damião. Apoia bem mais que o chileno Mena. Tem crescido de produção - 7,0
(Zé Carlos): Entrou no lugar de Emerson, mas teve pouco tempo para demonstrar suas qualidades - SEM NOTA
Arouca: Voltou a desarmar bastante, mas não apareceu como elemento surpresa no ataque. Também não precisou - 7,0
Cicero: Discretíssimo. Perdeu uma bola no primeiro tempo que quase o adversário abre o marcador - 5,0
Lucas Lima: Apesar de ser apenas a sua primeira partida como titular, confesso pelo que vi nas outras partidas em que entrou no decorrer dos jogos, eu, esperava mais - 5,5
(Serginho): Entrou no jogo e não diminuiu o ímpeto da equipe - 6,0
Gabriel: Boa movimentação, mas não foi brilhante como das outras vezes - 6,0
(Diego Cardoso): Em 20 minutos, botou fogo no jogo do lado direito.  Em sua segunda partida entre os profissionais, marcou seu primeiro gol - 7,0
Thiago Ribeiro: O melhor da partida. Marcou dois gols e deu um de presente para Diego Cardoso - 8,0 
Leandro Damião: Ganhou todas as bolas de cabeça. Boa movimentação. Dentro do seu estilo foi eficiente - 7,5
Técnico: Oswaldo de Oliveira: Tem o time nas mãos. Melhora a auto-estima de todos do elenco ao dar oportunidades, principalmente aos mais jovens - 7,5
                                

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by