FOTO CAPA

DIEGO CARDOSO RENOVA ATÉ 2016

Postado às 13h25 desta segunda-feira, 10 de março de 2014
Diego Cardoso renovou no fim da manhã desta segunda-feira (10), o seu contrato com o Santos.  O atacante artilheiro da última Copa do Brasil sub-20 e também da Copa São Paulo deste ano, ambas com nove gols, fica na Vila até o final de 2016.

O jogador balançou pela primeira vez as redes entre os profissionais na vitória do Peixe por 4 a 1 sobre o Oeste, na Vila Belmiro, neste último domingo (9). 

O contrato anterior do jogador tinha validade até janeiro de 2015.
"As coisas estão acontecendo. Agora é continuar trabalhando firme e forte, esperar mais chances para eu poder mostrar meu futebol para a nação santista”, afirmou o atleta que está na Vila Belmiro desde 2007.
O superintendente de futebol do Santos, André Zanotta, comentou sobre a renovação de contrato de mais um talento revelado na base: 
"O Diego é um atleta que tem tido grande destaque desde que chegou. Temos a satisfação em estender a permanência dele aqui no Santos por, pelo menos, mais 3 anos. Ainda mais no dia seguinte do seu primeiro gol no time principal. Não tenho dúvida de que continuará trilhando um caminho de muito sucesso no futebol e dará muitas alegrias aos torcedores santistas" - comemorou o funcionário santista. 

Curiosidade

Não é o caso de Diego Cardoso, que completou 20 anos na última semana, mas A FIFA permite que atletas abaixo de 18 anos assinem contrato de 3 anos. A Lei Pele, por sua vez, autoriza que o primeiro contrato seja de 5 anos, ou seja, a entidade do futebol mundial permite que atletas abaixo de 18 anos (com mais de 16) assinem contrato de apenas três anos.

O primeiro contrato de um atleta profissional vigora por dois anos e assinam um novo por mais três. Por isso, os contratos assinados aos 16 anos são por três anos e, normalmente, são alterados aos 18 anos por mais três, totalizando cinco temporadas. 

Além disso, é importante ressaltar que o clube ao dispensar um jogador paga todos os salários devidos ate o final do contrato. Normalmente já tem essa cláusula no primeiro acordo, mas como os atletas tem apenas 16 anos, quem assina é o pai, por isso, os clubes quando os jogadores atingem a maioridade preferem assinar um novo vínculo direto com o atleta.


Créditos

Agradeço aos companheiros de trabalho do Globoesporte.com pelo crédito dado a emissora em que eu participo das transmissões dos jogos do Santos - A Super Rádio São Paulo (antiga TUPI-S.P), em uma das suas publicações, após uma entrevista que eu fiz com o meio-campista do Oeste de Itápolis - Jean Chera, antes da partida do último final de semana envolvendo seu time e o Santos. 

Aos repórteres Lincoln Chaves, Fúlvio Feola, Guilherme Lúcio, Bruno Giufrida, Alexandre Lopes, Flávio Meirelles e demais, meu muito obrigado!

                                       

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by